Agerh desenvolve aplicativo que prevê seca e inundação

Dando mais um passo em inovação e tecnologia na gestão de recursos hídricos, a Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh) desenvolveu o aplicativo Hidro ES, em parceria com a ArcelorMittal Tubarão, Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e Ministério Público Estadual (MPES). O objetivo do aplicativo é monitorar, em tempo real, a situação de vazão da Bacia Hidrográfica do rio Santa Maria da Vitória.

O Hidro ES, que será administrado pela Agerh, é uma ferramenta de controle hídrico, que permite realizar a previsão sobre inundação e seca do rio Santa Maria da Vitoria, responsável pelo abastecimento dos municípios da Região Metropolitana da Grande Vitória.

Anúncio

O aplicativo conta com um sistema de previsão, que permite fornecer diariamente aos usuários informações em tempo real sobre as vazões. Além disso, é possível observar cenários de escassez hídrica por um período de dez dias. Para o diretor-presidente, Fábio Ahnert, essas ações são mais um avanço do Governo do Estado para ampliar ainda mais a gestão de recursos hídricos.

Anúncio

“O Hidro ES é mais um importante passo na constante evolução institucional do Governo do Estado, oferecendo mais uma tecnologia para auxiliar as ações na gestão de recursos hídricos. Além disso, permite uma articulação entre as instituições, os usuários de água e o comitê de bacia hidrográfica da região sobre o desenvolvimento de ações positivas para minimizar os danos climáticos”, pontuou Fábio Ahnert.

Com o acompanhamento mais preciso do cenário hídrico da região, também é possível desenvolver ações de prevenção para minimizar os impactos nas atividades econômicas e para a preservação do meio ambiente e a qualidade de vida da população da região.

O promotor de Justiça do MPES, Marcelo Lemos Vieira, destacou a importância da parceria no desenvolvimento Hidro ES. “O MPES tem um prazer muito grande de estar nessa parceria. A água realmente é um bem jurídico tutelado importante do direto ambiental, o direito fundamental de todos, de toda a sociedade”, acrescentou Lemos.

“O aplicativo permite ter o monitoramento da vazão do rio Santa Maria da Vitória na palma das mãos e em tempo real. Esse aplicativo é fundamental para o acompanhamento das condições, seja para agricultores, geração de energia elétrica ou qualquer usuário do rio Santa Maria”, destacou o professor de Engenharia Ambiental da Ufes, Diogo Duarte.

Para o gerente geral de Sustentabilidade e Relações Institucionais da ArcelorMittal, João Bosco Reis da Silva, o lançamento do aplicativo reforça a atenção que a empresa tem dado à questão hídrica. “Temos uma longa trajetória de ações e projetos voltados ao uso responsável desse recurso tão valioso, que é a água, a partir de inúmeras parcerias com órgãos públicos, academia e sociedade organizada”, disse.

“O app é uma importante ferramenta para empresas e poder público, diante da tomada de decisões mais imediatas e efetivas para mitigar os impactos e tomar medidas preventivas; e para o cidadão comum, que terá acesso facilitado a informações sobre a disponibilidade de água na sua região, além de aumentar a conscientização ambiental”, completou João Bosco.

O aplicativo é gratuito e está disponível para download na versão Android, na Play Store. A versão para iOS estará disponível em breve.

Fonte: Agerh

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Mimoso do Sul terá manhã com serviços para a população neste sábado (13)

Amanhã (13), a população de Mimoso do Sul, no Sul do Espírito Santo, ...

Colatina recebe a terceira etapa nacional do Circuito Nelore de Qualidade 2024

Foto: Freepik A terceira etapa do Circuito Nelore de Qualidade 2024, promovida pela ...

Marcas de pão de forma deveriam ter alerta de produto alcoólico

Foto: Freepik Sliced fresh brown bread on white background. High quality photo Uma ...

Brasil exporta recorde de 47,3 milhões de sacas de café na safra 2023/24

Foto: iStock A exportação brasileira de café alcançou o volume histórico de 47,300 ...

Cuba confirma importação de quatro produtos do agronegócio brasileiro

Foto: Freepik O governo brasileiro recebeu o anúncio, pelo governo de Cuba, da ...