Agerh instala estações hidrológicas para previsão sobre eventos extremos

A Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh) adquiriu 20 estações hidrológicas, que monitoram o nível e vazão dos rios e realizam o registro de chuvas. Os equipamentos enviam a cada hora os dados que são registrados a cada 15 minutos para uma base e posterior análise e visualização desses dados, permitindo fazer previsão sobre eventos extremos.

Das 20 estações hidrológicas adquiridas por meio do Programa Águas e Paisagens, 19 já estão instaladas em locais estratégicos de diversos municípios. Uma estação ficará como reserva técnica. Com essas estações será possível realizar um monitoramento constante dos principais rios do Estado, reforçar a rede de monitoramento hidrológico quantitativo de vazão e possibilitar emissão de alertas sobre inundações e secas, além de reforçar a gestão de recursos hídricos.

Anúncio

Para o coordenador de Hidrologia, Informação e Pesquisa da Agerh, Luiz Henrique Aquino, as estações são muito importantes para o fortalecimento dos instrumentos de gestão hídrica no Estado. “As estações contribuem com dados de nível e vazão, informações importantes que permitem o mapeamento da disponibilidade hídrica superficial dos rios. Com essas estações é possível ainda fortalecer as ações da Agerh com o Sistema Alerta! Espírito Santo, aumentando, assim, a capacidade de resposta do Estado aos desastres naturais”, destaca Aquino.

Anúncio

O coordenador explica ainda sobre a escolha dos locais de instalação das estações hidrológicas, que tiveram um investimento de mais de R$ 2 milhões. “Foram priorizadas regiões hidrográficas com déficit hídrico e com baixo índice de monitoramento e seções, que possibilitem futuramente a emissão de alerta para as ações de prevenção e resposta aos eventos extremos”, acrescenta.

O diretor-presidente da Agerh, Fabio Ahnert, destaca os grandes avanços que têm sido realizados para o fortalecimento das ações de gestão hídrica. “O Governo do Estado, por meio da Agerh, têm avançado muito nas ferramentas para a segurança hídrica e está ampliando sua capacidade de gestão de recursos hídricos com investimentos significativos em tecnologias de monitoramento telemétrico e ações capazes de preparar ainda mais o Estado para minimizar os efeitos de eventos hidrológicos extremos que são secas e inundações”, pontua Ahnert.

Municípios com as novas Estações Hidrológicas da Agerh:

Anchieta, Aracruz, Afonso Cláudio, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Conceição da Barra, Colatina, Domingos Martins, Ibitirama, Jaguaré, Linhares, Pancas, Rio Bananal, Santa Maria de Jetibá, São José do Calçado, Santa Maria de Jetibá e Santa Leopoldina.

Os municípios de Vila Pavão, Castelo, Marechal Floriano e Santa Teresa também têm estações hidrológicas, que foram instaladas anteriormente com recursos próprios da Agerh.

Fonte: Agerh

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Campeonato Brasileiro de Blends de Café será realizado no São Paulo Coffee Festival

Foto: Freepik A Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC) realizará a etapa ...

Equipes coletam dados para nova pesquisa da Conab da safra brasileira de grãos

Foto: iStock Farmer handful of harvested corn kernels from the heap loaded into ...

Comidas típicas da festa junina contam com 36% de impostos no preço final

Foto: Julio Huber A chegada das festas juninas costuma ser motivo de alegria ...

Capixaba é eleito o melhor criador e expositor na Megaleite 2024 na categoria CCG 1/2 Hol + 1/2 Gir

Encerrada a 19ª edição da Megaleite no último sábado (15), a Associação Brasileira ...

Equipamento promete secagem de cafés especiais em menos de 24 horas

Tecnologia desenvolvida pela Dryeration, foi testada e aprovada por produtores da Alta Mogiana ...