Agricultores familiares afetados pela seca podem renegociar financiamentos com bancos

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Por meio de uma resolução, o Banco Central autorizou a renegociação de financiamentos com recursos do Fundo de Terras e da Reforma Agrária (FTRA) para os agricultores familiares que tiveram prejuízos em decorrência de seca ou estiagem.

O ato normativo também altera as regras para contratação das operações de crédito no âmbito do Terra Brasil – Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF). Segundo o Ministério da Agricultura , o PNCF é uma política pública federal que possibilita o acesso à terra e a investimentos básicos aos agricultores.

Entre outras coisas, a nova resolução alterou o valor para investimentos básicos e produtivos, que, no âmbito do Fundo de Terras, se encontrava restrito a R$ 27,5 mil. Na nova resolução, houve o aumento desse teto, que, agora pode chegar a 50% do valor total do financiamento por beneficiário.

Segundo o Banco Central, a medida visa permitir maior flexibilidade no planejamento das atividades e os investimentos necessários para viabilizar a aquisição do imóvel rural com o crédito.

Texto: Paulo Oliveira/Brasil 61

Últimas notícias

Investimentos em infraestrutura e redução do custo Brasil será tema de evento

tcdb374 Transporte de cavaco na Ferrovia Norte Sul. Viagem de Palmas-TO a Anápolis-GO. ...

Busca por experiências seguras e ao ar livre impulsionam turismo rural

Foto: Sidney Dalvi Hoje (27) é celebrado o Dia Mundial do Turismo. A ...

Ações somam quase R$ 900 milhões contra desmatadores da Amazônia

A Advocacia-Geral da União (AGU), por meio da Força-Tarefa em Defesa da Amazônia, ...

Cooperativas da agricultura familiar terão espaço na Ceasa para comercialização

Membros da equipe de trabalho da Organização e Sindicato das Cooperativas Brasileiras do ...

Federação da Agricultura defende reforma tributária que não aumente impostos para produtor

A reforma tributária está em discussão no Congresso Nacional e a Federação da ...