Agricultura familiar segue firme na produção em Marechal Floriano

Fabrício Ribeiro

A grande força na economia de Marechal Floriano tem base na agricultura. E apesar da grande crise sanitária da pandemia mundial do coronavírus (Covid-19), que impôs várias restrições para a economia e até o dia-a-dia da população, os produtores rurais de Marechal Floriano não diminuíram suas atividades frente a esse contexto.

Isso tem sido importante, uma vez que outros setores importantes para o município, como o turismo e o comércio, vêm sofrendo bastante com as restrições associados ao isolamento social, que visa a contenção do contágio da doença em larga escala.

Conforme a avaliação do secretário Municipal de Agricultura, Sérgio Stein, na prática grande parte dos produtores estão situados em localidades mais distantes ou com facilidade de isolamento, além de ser de base familiar. O secretário Sérgio informou que isso facilita e dá segurança para que sigam produzindo alimentos e conseguindo insumos.

E essas boas condições sanitárias são reforçadas, já que boa parte dos produtores não abre mão dos cuidados recomendados para manter suas famílias e a sociedade longe do vírus. Uma frente que exige uma atenção redobrada é na hora da distribuição da comercialização.

“Existe alguma dificuldade de forma geral no momento do envio dos produtos para a Ceasa, pelos cuidados necessários. Mas, estamos trabalhando constantemente com o governo do Estado e buscando favorecer o fluxo dos produtos para venda, fazendo a nossa parte para garantir o abastecimento das cidades. A produção local segue forte, e o prefeito Cacau Lorenzoni tem tido atenção especial nesse ponto”, contou Sérgio Stein.

FEIRA – Stein destaca ainda que a feira livre local, que funciona aos sábados pela manhã no centro da cidade, foi reativada pelo prefeito, mas com orientações para os devidos cuidados de distanciamento, higiene com álcool e/ou água e sabão, e orientação para que as pessoas evitem se aglomerar.

Outra orientação é pelo uso das agora rotineiras máscaras. “Para ficarem em casa, as pessoas precisam mantê-las abastecidas, e cuidar para que o vírus não chegue nelas. Portanto, todos nós precisamos fazer a nossa parte”, concluiu o secretário.

Últimas notícias

Cursos de tratorista e cultivo de cacau exclusivos para mulheres

Registro de ação do projeto “Mulheres do Cacau” com produtoras rurais As mulheres estão ...

Mapa destrói 58 mil garrafas de azeite de oliva fraudado

Foi a maior apreensão já realizada pelo Ministério da Agricultura no país desde ...

Campanha pretende estimula consumo do produto no país

Tema foi debatido durante reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite ...

Conab afirma que clima prejudica oferta de hortaliças e frutas no país

Quem procura preços baixos no atacado terá que aguardar mais um pouco até ...

Congresso Brasil-Alemanha de Inovação acolhe também o tema de sustentabilidade

Um dos eventos mais tradicionais do ecossistema brasileiro de inovação e o maior ...