Agrishow começa com melhorias na infraestrutura e programação intensa

Foto: Agrishow Oficial

A 29º edição da Agrishow, a principal feira de tecnologia agrícola da América Latina, começou oficialmente nesta segunda-feira (29), em Ribeirão Preto. Para garantir uma experiência melhor aos visitantes e expositores, a organização do evento realizou investimentos na infraestrutura, como as áreas de alimentação, banheiros, pontos de hidratação e mobilidade.

Anúncio

As praças de alimentação, que são 13 no total, oferecerão uma maior variedade de refeições, com restaurantes, lanchonetes e food trucks. Além disso, foram ampliadas as estruturas de banheiros e a operação foi remodelada para oferecer mais conforto e praticidade, contando também com diversos pontos de hidratação.

Anúncio

Em relação à mobilidade, o plano para 2024 agiu no alargamento de vias internas, ampliou as áreas de estacionamento e otimizou seus acessos com o objetivo de absorver o fluxo de visitantes o mais rápido possível para as áreas da feira. E para deixar o evento, foram criadas saídas novas que dão acessos a pontos de melhor vazão na rodovia Pref. Antônio Duarte Nogueira e em outras vias do entorno.

ABERTURA – Durante a cerimônia de abertura, realizada ontem (28), o presidente da Agrishow, João Marchesan, destacou a importância de fomentar o setor de máquinas e implementos para a agricultura. “À medida que o Brasil investir na modernização de suas máquinas, no aprimoramento de irrigação e na expansão da capacidade de armazenagem, estaremos fortalecendo os pilares essenciais para impulsionar nossa economia e promover o crescimento do PIB. O Brasil já é uma potência agrícola e pode se tornar ainda maior. Há mercados e temos terra, clima, tecnologia, agricultores e máquinas”, disse Marchesan.

O presidente da feira destacou ainda que é necessário um “Plano Safra forte, em prol da sustentabilidade do agronegócio brasileiro, sacudido e retumbante, com recursos suficientes para atender a demanda do agronegócio brasileiro, com juros controlados e compatíveis com o retorno do investimento do agricultor porque as taxas que estamos convivendo atualmente são incompatíveis com a realidade e as necessidades do agronegócio”.

A cerimônia contou com a presença de autoridades como o vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin; o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro; e o secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Guilherme Piai Filizzola.

Fonte: Agrishow

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

62% dos navios para exportação de café registram atrasos em junho

De acordo com um levantamento do Cecafé, realizado com exportadores responsáveis por 77% ...

Banestes disponibiliza R$ 1 bilhão para o Plano Safra 2024/2025

Foto: Divulgação O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) anunciou, na manhã ...

Saiba como é a produção de mudas in vitro

Está disponível no canal do YouTube do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica ...

Concurso irá premiar as 10 melhores fotos e vídeos das montanhas capixabas

Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem Chegou a hora de revelar os segredos mais bem ...

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Foto: NKG-Stockler Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), o Conselho Nacional do Café ...