Alerta para temporais e de frente fria em parte do Brasil a partir de hoje (26)

Julio Huber

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de “perigo potencial” de chuvas intensas para diversos estados brasileiros, incluindo parte do Espírito Santo, de São Paulo, de Minas Gerais, do Distrito Federal, de Manaus, da Bahia e de outros estados brasileiros.

Anúncio

O alerta teve início na manhã desta terça-feira (26) e segue até amanhã (27). A previsão é de chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia e ventos intensos (40-60 km/h). Há baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Anúncio

Já a Climatempo informou em seu site que um ciclone extratropical se afasta para alto mar e a frente fria avança em direção ao Sudeste, provocando temporais entre São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Sul do Espírito Santo.

Até o fim desta terça-feira, a temperatura vai cair na faixa leste de São Paulo, que teve uma noite bastante abafada. Santos, no litoral do estado, registrou 30 °C durante a madrugada.

SUL – A atuação de uma alta pressão volta a deixar o tempo firme no Sul. O ar frio, depois da entrada da frente fria, deixa as temperaturas mais baixas no começo das manhãs em vários municípios, mas volta esquentar a tarde com a presença do sol. Apesar da variação de nuvens, não chove nas capitais, mas ainda venta bastante no litoral, com risco de ressaca entre Chuí, no Rio Grande do Sul e Florianópolis, em Santa Catarina.

SUDESTE – A frente fria avança em direção ao Sudeste e provoca o aumento das condições de chuva sobre parte da região. A nebulosidade aumenta no litoral de São Paulo, na região da Zona da Mata em Minas e no sul do Espírito Santo e há risco de temporais. Os ventos aumentam ao longo do dia no litoral norte paulista e no sul do Rio de Janeiro. Não chove no extremo norte e nordeste de Minas, mas, nas demais regiões, pode chover em forma de pancadas durante à tarde.

CENTRO-OESTE – A baixa pressão no Paraguai ajuda aumentar a umidade em Mato Grosso do Sul. As pancadas de chuva podem ocorrer de manhã na divisa do estado com Mato Grosso e Goiás e há risco de temporal. Nas demais áreas, terça-feira de sol, temperaturas altas e pancadas fortes, principalmente entre tarde e noite.

NORDESTE – Os ventos que sopram do mar contra a costa aumentam a umidade no litoral e norte do Ceará, no leste do Rio Grande do Norte e da Paraíba. As capitais, Fortaleza, Natal e João Pessoa, podem receber chuva a qualquer momento do dia. Chove fraco em Maceió e Salvador. A maior parte da região continua sem chuva e umidade relativa do ar fica baixa no sul do Maranhão, Piauí e norte da Bahia.

NORTE – O sudoeste do Amapá e o estado do Acre continuam com alerta de temporal nesta terça-feira. Dia instável com chuva forte a qualquer momento. A chuva já pode começar no final da manhã em Manaus e ganha força à tarde. Não chove em Palmas, no Tocantins, mas, todas as demais capitais da região podem receber pancadas moderadas a forte.

ORIENTAÇÃO – O Inmet alerta que “em caso de rajadas de vento, não se abrigue debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda). Evite usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada. Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193)”.

Fonte: Inmet e Climatempo

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Consumo de café solúvel cresce 5,3% no trimestre

Setor vem em expansão desde 2016; avanço reflete investimentos em qualidade, diversidade, formação ...

ES+Café irá promover imersão no universo da cafeicultura capixaba

A Feira ES+Café irá promover uma verdadeira imersão no universo da cafeicultura capixaba ...

Projeto entrega novas barracas a feirantes de Vitória

Foto: Marcos Salles Entrega das novas barracas das Feiras Livre Os feirantes que ...

Como plantar mais café em espaço reduzido?

O pesquisador do Incaper, Paulo Sérgio Volpi, destacou que o jardim clonal superadensado ...

Parceria estratégica do Sistema OCB busca fortalecer cadeia de lácteos

Foto: Reprodução / Sistema OCB Unidade nacional se reuniu com Conselho dos Exportadores ...