Alunos em Santa Teresa participam de projeto de preservação de recursos hídricos

Mais uma vez, o projeto “Água de tabocas”, criado por servidores da gerência local de Santa Teresa do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), reuniu alunos do oitavo ano da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental EMEF “Vale de Tabocas” para uma ação de preservação dos recursos hídricos. A atividade de educação ambiental aconteceu, nessas quarta-feira (20) e quinta-feira (21), em alusão ao Dia da Árvore, com a plantação de mudas de árvores nativas em torno de uma nascente na comunidade Tabocas, região rural de Santa Teresa.

A servidora do Idaf Jordana Plotegher conta que o projeto “Águas de Tabocas” tem acontecido de forma dinâmica, referindo-se à água como um bem valioso e a preservação como responsabilidade de todos. “O plantio de árvores ajuda a recuperar as nascentes, por isso, realizamos esta atividade. As nascentes, por sua vez, são de suma importância para o equilíbrio ambiental, elas fornecem água para os córregos e rios que abastecem toda a cidade, também são fonte de vida para outros organismos. E para que as nascentes continuem vivas, é fundamental cuidar de seu entorno”, ressalta.

Anúncio

Jordana Plotegher, que é uma das idealizadoras do projeto, explica ainda que o iniciativa já realizou 19 encontros com os alunos, por meio de palestras, visitas técnicas, roda de conversas, dia de campo e aulas de artes. Estes trabalhos resultaram em maquetes, pinturas, desenhos e textos feitos pelos alunos sobre o tema: preservação dos recursos hídricos.

Anúncio

“A ideia foi tão aceita pela comunidade e pelos alunos que esses trabalhos feitos por eles serão expostos ao público na galeria de Artes do Espaço Cultural da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Santa Teresa. Além do mais, estamos conseguindo recuperar a nascente que fica na comunidade onde acontece o projeto”, pontua.

PROJETO – Em 2022, a escola “Vale de Tabocas” foi selecionada em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Santa Teresa para execução do projeto “Idaf na escola”, com palestras e atividades pedagógicas. Como resultado desta ação, a instituição de ensino apontou o desafio de recuperar as nascentes de água próximas à escola, uma vez que se tem observado a redução deste bem natural e consequências direta na produtividade da comunidade.

Considerando a emergência de introduzir a educação ambiental nos espaços escolares não desconectada da realidade socioambiental, o projeto “Águas de Tabocas” se propõe a levar discussões e ensinamentos sobre a importância da preservação dos recursos hídricos a adolescentes da comunidade.

O projeto realizou um diagnóstico das nascentes de água existentes nas propriedades onde os alunos da comunidade Vale de Tabocas residem, a partir do protagonismo dos estudantes, apresentando-o por meio de manifestações artísticas (foto, maquete, desenhos), produções científicas e técnicas.

O projeto é coordenado pelo Idaf e conta com a parceria institucional da escola e do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

Fonte: Idaf

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

ES livre de febre aftosa sem vacinação: saiba os benefícios

Foto: Freepik O Espírito Santo está oficialmente livre da febre aftosa sem vacinação. ...

Lactalis distribui água em supermercados gaúchos

Foto: Carolina Jardine A Lactalis Brasil ganhou um novo apoio para distribuir água ...

Bahia dá início à colheita do algodão safra 2023/2024

Foto: Divulgação As máquinas em campo sinalizam o início da colheita do algodão ...

Família dá até mamadeira para cuidar de filhote de veado encontrado ferido

Foto e vídeo: Divulgação Texto: Julio Huber / Foto: Divulgação Um filhote de ...

Furtas e hortaliças sofrem aumento por conta das fortes chuvas no Rio Grande do Sul

Foto: André Oliveira / MDS A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) trouxe uma ...