Anunciadas medidas de apoio aos agricultores gaúchos

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) esteve na 46ª Exposição Internacional de Animais (Expointer), em Esteio (RS), para uma agenda de dois dias com representantes do agronegócio do Rio Grande do Sul. “Viemos trazer boas notícias e anunciar recursos”, disse o ministro Carlos Fávaro, na última quinta-feira (31), após reunião com diversas entidades representativas da agropecuária da região.

Entre os anúncios, estão a reestruturação do crédito para as cooperativas, calendário do plantio da soja e pecuária leiteira. “Viemos aqui sabendo que a agropecuária gaúcha sofreu, nos últimos quatro anos, com três secas terríveis, muito vendaval, problemas climáticos terríveis, mas a coragem, a força do homem e da mulher gaúcha, é sempre firme e forte trabalhando”, afirmou o ministro.

Anúncio

Diante deste cenário, o governo federal anunciou que está estudando a disponibilização de uma linha de crédito em dólar via Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), no valor de R$ 3,5 bilhões, para a reestruturação da dívida de cooperativas.

Anúncio

SOJA – Fávaro também afirmou que o governo está trabalhando no projeto de regionalização para o calendário de plantio da soja no país, principalmente, no Rio Grande do Sul. “Em um país com diversidade climática, não pode ter um calendário só”, afirmou.

Segundo o ministro, a regionalização do calendário atenderá a necessidade dos produtores e será pautada pela ciência. “Em hipótese alguma os produtores ficarão fora da janela ideal”, garantiu.

PECUÁRIA LEITEIRA – Em relação à crise do setor leiteiro, Fávaro afirmou que a Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro) do Mapa está investigando as denúncias de que leite de fora do Mercosul está sendo triangulado pelo Uruguai e Argentina e que há uma exportação de produtos de baixa qualidade para o Brasil.

“Não podemos tomar medidas drásticas em relação ao Mercosul, mas podemos negociar com os países do Bloco”, afirmou Fávaro. A principal ideia é a criação de cotas para limitar a entrada do produto. “E se descobrirmos que estão exportando produtos de má qualidade, vamos fechar a indústria”, acrescentou.

De acordo com o ministro, os anúncios emergenciais para minimizar os impactos negativos na cadeia produtiva do leite causados, principalmente, pelo alto custo da produção e o crescimento das importações dos produtos lácteos. Ele lembrou que no último dia 17 de agosto foi criado o Grupo de Trabalho para reverter o quadro atual relacionado à importação e à comercialização de leite em território nacional, em especial ao que afeta a agricultura familiar.

Participam do gabinete itinerante do Mapa, a secretária de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação e Cooperativismo, Renata Miranda; o assessor especial, Carlos Agostinho; o secretário adjunto de Políticas Agrícola, Wilson Vaz de Araújo; o secretário adjunto de Defesa Agropecuária, Márcio Rezende; a diretora de Negociações e Análises Comerciais da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais, Ana Lúcia Gomes; o coordenação-geral de Apoio às Superintendências, Oziel de Oliveira; os superintendentes de Agricultura e Pecuária do Rio Grande do Sul, José Cleber de Souza; de Santa Catarina, Fúlvio Neto; e do Paraná, Cleverson Freitas.

Fonte: Mapa

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Capixaba é eleito o melhor criador e expositor na Megaleite 2024 na categoria CCG 1/2 Hol + 1/2 Gir

Encerrada a 19ª edição da Megaleite no último sábado (15), a Associação Brasileira ...

Equipamento promete secagem de cafés especiais em menos de 24 horas

Tecnologia desenvolvida pela Dryeration, foi testada e aprovada por produtores da Alta Mogiana ...

Bahia Farm Show 2024 bate novo recorde de público

A 18ª edição da Bahia Farm Show atinge um novo recorde de público. ...

Praga inexistente no Brasil é identificada em fruta que vinha dos Estados Unidos

Uma carga com 576 quilos de pêssegos importados dos Estados Unidos foi barrada ...

Salmonella gera impacto na avicultura e preocupa produtores

Foto: Envato O impacto das salmoneloses assusta os produtores pela sua contaminação. A ...