Após fim de semana chuvoso, semana de alívio no Espírito Santo

Foto: Freepik

Uma semana se passou desde a noite de 22 de março, quando uma tempestade histórica atingiu várias cidades do Sul do Espírito Santo, deixando um rastro de destruição e tragédia, novas chuva voltaram a atingir o Espirito Santo no final de semana passado. Segundo dados da Defesa Civil Estadual divulgados no domingo (31), mais de 11 mil pessoas estão fora de casa na região, ainda lidando com as consequências desoladoras das enchentes.

Anúncio

O impacto da catástrofe é evidente em Mimoso do Sul, uma das cidades mais afetadas pela fúria das águas. Lá, mais de 5 mil pessoas estão desalojadas, lutando para reconstruir suas vidas após perderem suas casas e pertences para as enchentes. O cenário é de desolação, com ruas tomadas por lama e destroços, enquanto os moradores tentam limpar o que sobrou e recomeçar do zero.

Anúncio

Além disso, Apiacá também enfrenta uma situação alarmante, com 133 pessoas desabrigadas e centenas mais desalojadas. A cidade, assim como tantas outras na região, está se recuperando dos impactos devastadores das chuvas que não apenas destruíram casas, mas também tiraram vidas preciosas.

Fim de semana de fortes chuvas

No último fim de semana, as chuvas retornaram com intensidade ao estado, desencadeando diversos alagamentos, inclusive na capital, Vitória. Nas últimas 96 horas, áreas já afetadas pelas fortes chuvas receberam quantidades significativas de precipitação:

• Afonso Cláudio: 96.4 mm
• Marechal Floriano: 82.0 mm
• Muniz Freire: 78.6 mm
• Jerônimo Monteiro: 78.1 mm
• São José do Calçado: 74.4 mm
• Viana: 72.7 mm
• Cariacica: 70.4 mm
• Vitória: 65.0 mm
• Presidente Kennedy – ES: 60 mm
• Cachoeiro de Itapemirim (Jardim Itapemirim): 58.9 mm

Essas precipitações agravaram ainda mais a situação em áreas já fragilizadas pelas chuvas anteriores, ampliando os desafios enfrentados pelas comunidades afetadas.

Previsão para a semana

A semana será de pouca chuva, com sol predominando ao longo de todos os dias, trazendo um alívio para o estado:

• Terça-feira (02): O sol predominará ao longo do dia, com previsão de pancadas de chuva na faixa central e leste do estado, sem volumes significativos. Na faixa oeste, divisa com Minas Gerais, há previsão de pancadas de chuva à tarde, acompanhadas por raios e volumes maiores.

• Quarta-feira (03): Na faixa central e sul, haverá muito sol e pouca chuva, com apenas pancadas isoladas que não acumularão valores significativos. Na faixa norte, há previsão de muita nebulosidade, chuva e poucas aberturas de sol, com risco para temporais.

• Quinta-feira (04): Na faixa norte, a condição permanecerá com poucas aberturas de sol e muita nebulosidade, mas sem risco para temporais. Na faixa central e sul, o sol continuará predominando, com previsão de pancadas de chuva isoladas ao longo do dia.

• Sexta-feira (05): O sol predominará em toda a faixa sul e leste (litorânea) do estado, sem chuva. Para a faixa oeste e noroeste do estado, o sol voltará a aparecer na região, com previsão apenas de pancadas isoladas de chuva.

Fonte: Climatempo

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Campeonato Brasileiro de Blends de Café será realizado no São Paulo Coffee Festival

Foto: Freepik A Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC) realizará a etapa ...

Equipes coletam dados para nova pesquisa da Conab da safra brasileira de grãos

Foto: iStock Farmer handful of harvested corn kernels from the heap loaded into ...

Comidas típicas da festa junina contam com 36% de impostos no preço final

Foto: Julio Huber A chegada das festas juninas costuma ser motivo de alegria ...

Capixaba é eleito o melhor criador e expositor na Megaleite 2024 na categoria CCG 1/2 Hol + 1/2 Gir

Encerrada a 19ª edição da Megaleite no último sábado (15), a Associação Brasileira ...

Equipamento promete secagem de cafés especiais em menos de 24 horas

Tecnologia desenvolvida pela Dryeration, foi testada e aprovada por produtores da Alta Mogiana ...