Assistência Técnica e Gerencial traz resultados imediatos ao produtor

A diretora de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Andrea Barbosa, afirmou que a metodologia traz “resultado imediato para o produtor rural e sua família com melhoria na qualidade de vida, porque é um atendimento personalizado que respeita os limites e a realidade de cada produtor rural.”

Andrea participou do segundo dia do Encontro Nacional de Coordenadores da ATeG, na última quarta-feira (8), que reuniu representantes de 25 estados em Brasília. Ela fez um balanço das ações promovidas nos 10 anos da metodologia e abordou as iniciativas que a entidade está desenvolvendo para ampliar os atendimentos e proporcionar melhores resultados para os produtores rurais.

Anúncio

“Nossa meta é contribuir para a formação de uma nova classe média rural nos próximos quatro anos. Para isso, vamos investir na preparação das equipes e ampliar o número de técnicos de campo, passando de seis mil para 10 mil em dois anos”, ressaltou.

Anúncio

O Senar presta assistência técnica em 25 estados e no Distrito Federal, desenvolve 221 projetos em 31 cadeias produtivas e atendeu 226 mil propriedades rurais de 2013 a 2023.

No Acre, por exemplo, o atendimento começou com 75 propriedades rurais em 2019, conta a coordenadora Stefanye da Silva Torres. Hoje são mais de mil propriedades, crescimento acima de 400% em quatro anos. O estado atende 32 grupos de produtores em oito cadeias produtivas e a meta é ampliar com mais 16 grupos, previstos para começar no terceiro trimestre de 2023.

“A assistência técnica no estado tem feito a diferença e transformado a vida dos produtores rurais. Temos diversos relatos de vidas que mudaram e isso faz com que o produtor tenha mais confiança no Senar, tornando-se um desafio para mantermos esses indicadores. Esse encontro serviu para troca de experiências, conhecimento e novas ideias que vamos levar com foco em manter a qualidade do nosso atendimento.”

Já no Rio Grande do Sul, o coordenador Alexandre Prado explicou que a assistência técnica está em expansão no estado desde que iniciou em 2020. Segundo ele, a regional já atendeu mais de oito mil produtores e quer ampliar esse número para mais de 15 mil.

“A regional vem investindo para ter um corpo técnico qualificado para que possamos prestar um melhor serviço ao produtor rural, para que ele aplique a metodologia que lhe dará condições para melhorar tecnicamente, ter gestão para viabilizar seu negócio e torná-lo mais profissional, colocando dinheiro no bolso.”

PRÓXIMOS PASSOS – Eduardo Gomes de Oliveira, diretor adjunto da ATeG, falou sobre os desafios para a Assistência Técnica nos próximos 10 anos e como ampliar as iniciativas para que o produtor gere renda e a produção de alimentos continue sustentável.

“Como produtos do Encontro Nacional de Coordenadores esperamos que as equipes de ATeG nos estados estejam mais integradas, capacitadas e motivadas a aumentarmos as ações com produtores, transformando ainda mais famílias com a Assistência Técnica e Gerencial”, afirmou Oliveira.

O Senar pretende ainda realizar reuniões virtuais ao longo do ano com os coordenadores para elaboração de um manual de boas práticas da ATeG.

Fonte: Assessoria de Comunicação CNA

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Capixaba é eleito o melhor criador e expositor na Megaleite 2024 na categoria CCG 1/2 Hol + 1/2 Gir

Encerrada a 19ª edição da Megaleite no último sábado (15), a Associação Brasileira ...

Equipamento promete secagem de cafés especiais em menos de 24 horas

Tecnologia desenvolvida pela Dryeration, foi testada e aprovada por produtores da Alta Mogiana ...

Bahia Farm Show 2024 bate novo recorde de público

A 18ª edição da Bahia Farm Show atinge um novo recorde de público. ...

Praga inexistente no Brasil é identificada em fruta que vinha dos Estados Unidos

Uma carga com 576 quilos de pêssegos importados dos Estados Unidos foi barrada ...

Salmonella gera impacto na avicultura e preocupa produtores

Foto: Envato O impacto das salmoneloses assusta os produtores pela sua contaminação. A ...