Autorizada a realização do 4º edital do Fundo Social da Agricultura Familiar

O governador do Estado, Renato Casagrande, assinou, na tarde da última quarta-feira (26), a autorização para o prosseguimento dos trâmites para realização do 4º edital do Fundo Social da Agricultura Familiar. A assinatura aconteceu durante o 1º Encontro Estadual do Fundo Social da Agricultura Familiar (Funsaf), realizado no Palácio Anchieta, em Vitória.

Durante o evento, promovido pela Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), foram relembradas as entregas feitas pelo primeiro e segundo edital do Funsaf e apresentadas as 54 instituições beneficiadas pelo terceiro edital, ainda vigente. Também foi exibido durante a cerimônia um vídeo feito por um dos beneficiados pela medida.

Continua após o anúncio

“Criamos esse Fundo em nossa gestão passada, mas acabou sendo desativado no governo seguinte. Em 2019, o Funsaf foi reativado por nós. Quando se pensa em desenvolvimento, é preciso olhar também para o apoio aos pequenos produtores, para que sobrevivam e possam gerar emprego, renda e riqueza. A agricultura familiar depende da presença dos entes públicos que dão orientação e subsídio às atividades. É justamente o que fazemos por meio do Fundo, que fortalece as organizações da agricultura familiar. É fundamental ter políticas para esse setor econômico. Nas minhas andanças pelo Estado, dá gosto de ver como a agricultura familiar está potencializada”, comentou o governador Casagrande.

O secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto, lembrou que, de forma democrática, o Funsaf possibilita acesso aos recursos financeiros para as associações, cooperativas e organizações de apoio à agricultura familiar do Espírito Santo. “Por meio dele, as contratações de projetos ocorrem via editais públicos, dando mais transparência ao uso dos recursos públicos destinados às ações de fortalecimento dos arranjos produtivos da agricultura familiar”, ressaltou.

Foram R$ 12.920.797,49 investidos nos selecionados, por meio dos editais do Funsaf até o momento. O fundo foi criado em 2014, para apoiar financeiramente os projetos que contribuam para o desenvolvimento econômico e social dos agricultores capixabas.

“As cooperativas agrícolas são fundamentais para o desenvolvimento do agronegócio no Estado, ao contribuírem para a competitividade dos produtores rurais. O Funsaf tem atuado de forma a fortalecer este papel e dar oportunidade para que o homem do campo tenha o apoio para a compra de maquinário, melhorando, assim, as condições de trabalho e garantindo o aumento da produtividade. É o papel social do Bandes participar de iniciativas dessa natureza, que contribuem para o desenvolvimento socioeconômico e a geração de renda no meio rural”, apontou Munir Abud de Oliveira, diretor-presidente do Banco de Desenvolvimento do Espirito Santo (Bandes), instituição que operacionaliza o Funsaf.

Também estiveram presentes no evento, os prefeitos Hilário Roepke (Santa Maria de Jetibá), Vander Patrício (Itarana), Arnóbio Pinheiro (Pinheiros), André Sampaio (Montanha), Abraão Lincon (Água Doce do Norte) e Florisvaldo Kester (Laranja da Terra, em exercício); os deputados estaduais Marcos Garcia e Luciano Machado; além dos diretores-presidentes de autarquias, Antônio Machado (Incaper) e Mario Louzada (Idaf).

Fonte: Governo do Espírito Santo

Últimas notícias

Até quando vai o frio?

De acordo com a Climatempo, a posição da massa de ar polar ainda ...

Exportações do agronegócio em abril alcançam recorde para o mês

As exportações do agronegócio brasileiro em abril totalizaram US$ 14,86 bilhões, valor recorde ...

Crimes ambientais são flagrados e embargados em Marechal Floriano

Uma nova fase da “Operação Curupira”, que visa coibir crimes ambientais no Espírito ...

Campanha promove alimentos orgânicos em todo o Brasil

A campanha visa estimular o conhecimento e o consumo de produtos orgânicos O ...

História do cooperativismo cafeeiro capixaba é destaque na biblioteca do Incaper

A biblioteca do Incaper serviu como base para revisões bibliográficas, fontes de dados ...