Bancada federal capixaba pede auxílio aos pescadores do ES durante pandemia

Foto: Arquivo/Divulgação

A bancada federal, em Brasília, recebeu o pedido da deputada estadual Janete de Sá para ajuda aos pescadores capixabas

A bancada federal capixaba encaminhou nesta terça-feira (31), ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, solicitação para que seja oferecido auxílio aos pescadores do Espírito Santo que estão com a atividade prejudicada durante as medidas de isolamento social para o combate a pandemia do novo coronavírus. O documento enviado ao Governo Federal atende a pedido feito à bancada pela presidente da Comissão da Agricultura da Assembleia Legislativa, deputada Janete de Sá.

No pedido, a bancada justificou que os pescadores estão com dificuldade de sair para realizar a atividade devido a falta de insumos em decorrência do comércio fechado e também na comercialização dos pescados. 

Por isso, os parlamentares pedem que o auxílio emergencial de R$ 600 seja estendido a estes profissionais ou que seja concedido um auxílio, por Medida Provisória, semelhante ao feito durante ao surgimento das manchas de óleo no litoral brasileiro no ano passado. 

“Recebemos da deputada Janete de Sá um pedido de ajuda aos pescadores capixabas que, assim como os demais profissionais, estão sendo impactados pelo novo coronavírus. A bancada está atenta, votando as medidas necessárias para minimizar este impacto no Congresso e encaminhado aos ministérios as solicitações necessárias”, destacou o deputado federal e coordenador da bancada capixaba, Da Vitória.

“Os pescadores capixabas estão em um quadro desesperador pois não tem para quem vender , uma vez que a população está sendo orientada a ficar em casa e também não conseguem adquirir os insumos e consequentemente não podem pescar. Precisamos desta intervenção da bancada junto ao Governo Federal, por meio do Ministério da Agricultura, para criar alternativas e para que os pescadores possam passar por esse momento difícil com condições de sustentar suas famílias”, ressaltou a deputada Janete de Sá.

O Estado possui mais de 13 mil pescadores ativos e quase 5 mil com pedido para integrarem o Regime Geral da Atividade Pesqueira (RGP) em análise.

Últimas notícias

Cursos de tratorista e cultivo de cacau exclusivos para mulheres

Registro de ação do projeto “Mulheres do Cacau” com produtoras rurais As mulheres estão ...

Mapa destrói 58 mil garrafas de azeite de oliva fraudado

Foi a maior apreensão já realizada pelo Ministério da Agricultura no país desde ...

Campanha pretende estimula consumo do produto no país

Tema foi debatido durante reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite ...

Conab afirma que clima prejudica oferta de hortaliças e frutas no país

Quem procura preços baixos no atacado terá que aguardar mais um pouco até ...

Congresso Brasil-Alemanha de Inovação acolhe também o tema de sustentabilidade

Um dos eventos mais tradicionais do ecossistema brasileiro de inovação e o maior ...