BR-262 será leiloada em novembro

Foto: Julio Huber

Julio Huber

Foi publicado hoje (1º), no Diário Oficial da União, o edital de concessão do trecho capixaba da BR-262. Em 2013 foi aberto um leilão da rodovia, mas não houve empresas interessadas. Desde então, foram realizadas mudanças no formato da concessão.

Desta vez, a BR-262 será leiloada juntamente com outras rodovias de Minas Gerais. A abertura das propostas está agendada para o próximo dia 25 de novembro, na B3, que é a Bolsa de Valores do Brasil. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) é a responsável por organizar o leilão da rodovia. A previsão do governo federal é de que as primeiras obras sejam iniciadas em março de 2022.

O edital de concessão inclui o trecho da BR-381, com início em Belo Horizonte, em Minas Gerais, no entroncamento com a BR-262/MG (para Sabará), até o entroncamento com a BR-116, em Governador Valadares (MG); o trecho da BR-262, entre o entroncamento com a BR-381, em João Monlevade (MG), até a divisa dos dois Estados; e o trecho capixaba da BR-262, entre a divisa com Minas Gerais até o entroncamento com a BR-101, em Viana.

Durante o ano de 2019, foram realizadas diversas audiências públicas no Espírito Santo e em Minas Gerais, para que fossem colhidas sugestões de empresários, representantes políticos e moradores, e para que ANTT explanasse os detalhes sobre como serão feitas as obras.

Após as audiências, o modelo de concessão feito pelo governo federal foi encaminhado ao TCU, que analisou e, no início de agosto deste ano, liberou o projeto para que seja realizado o leilão de concessão.

OBRAS – O projeto consiste na concessão de 686,10 quilômetros das rodovias mineiras e o trecho capixaba, com um investimento de R$ 7,17 bilhões e geração de 109.777 empregos (diretos, indiretos e efeito-renda).

Haverá a exploração da infraestrutura e da prestação de serviço público de recuperação, operação, manutenção, monitoração, conservação e implantação de melhorias. O contrato terá duração de 30 anos, prorrogável por mais cinco anos.

Também estão previstos Pontos de Parada e Descanso (PPD) para os profissionais do transporte de carga e de passageiros e acessos sinalizados para regiões comerciais. Entre as principais obras do projeto de concessão estão 590 quilômetros de duplicação, 138 quilômetros de faixas adicionais, 131 quilômetros de vias marginais, 50 passarelas e 108 paradas de ônibus.

LEILÃO – A licitação será realizada na modalidade de concorrência (leilão), com possibilidade de participação internacional, a partir do novo critério de modelo híbrido, devendo a proponente apresentar o valor da tarifa básica de pedágio (deságio limitado a 15,57%) e maior outorga como critério de desempate, o qual poderá ser alterado em razão da realização da etapa de lances, se houver.

PEDÁGIOS – No Espírito Santo haverá três praças de pedágio, que ficarão em Viana (Km 26,6); na divisa entre Domingos Martins e Venda Nova do Imigrante (Km 97) e em Ibatiba (Km 147,75). O valor previsto para o pedágio em cada praça será de R$ 7,54, sendo que esse valor pode ser reduzido durante a concorrência pública de concessão.

Uma novidade é o desconto de usuário frequente, que tem como objetivo minimizar as tarifas para os usuários que realizarem deslocamentos localizados entre municípios próximos. O desconto irá beneficiar, principalmente, pequenos empreendedores e estudantes da região. Por meio dele, os usuários terão regressões no valor dos pedágios. A média de cálculo é feita a partir da primeira entrada e última saída das cabines realizadas em determinado período.

O edital também vai prever o desconto básico de tarifa de 5% para usuários que selecionarem pelo pagamento automático identificado pelo TAG eletrônico acoplado ao veículo. A previsão é de que as cobranças dos pedágios comecem a partir do 13º mês do início de concessão.

Últimas notícias

Revista Negócio Rural vence prêmio de jornalismo de Pernambuco

O cooperativismo conecta pessoas e também histórias. Que similaridade poderia haver entre as ...

Serenata Italiana será no próximo sábado (09) em Venda Nova do Imigrante

Relembrar os costumes dos primeiros imigrantes italianos que chegaram em Venda Nova do ...

Expoagro é uma das vitrines para o agronegócio de Mato Grosso

Mato Grosso é destaque internacional quando se trata de agronegócio. E a Capital ...

Colheita de uva é sucesso em Linhares

Ao menos de quatro mil pessoas passaram pelo parreiral de uva do Polo ...

Conheça o vencedor do 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré

O ganhador do 1º Concurso de Café Conilon de Jaguaré foi conhecido neste ...