China libera primeira carga de carne bovina brasileira após paralisação das exportações

Embarques da proteína brasileira ao país asiático foram interrompidas em 4 de setembro

De acordo com informações da empresa de análise de mercado pecuário Agrifatto, a aduanda do porto de Shangai, na China, liberou a primeira carga de carne bovina brasileira para entrar no país após a paralisação dos embarques no início de setembro, devido ao registro de dois casos atípicos de vaca louca em Minas Gerais e Mato Grosso.

Segundo a Agrifatto, o lote de origem do Tocantins foi certificado em 26 de agosto e embarcado em 10 de setembro. A liberação da entrada desta carne bovina pode ser um sinal que outros lotes podem ser aprovados. 

Há 21 pedidos na fila com chances de serem negados e cada lote será analisado individualmente. Os produtos oriundos do Mato Grosso têm possibilidade de bloqueio.

ENTENDA O CASO – As exportações de carne bovina à China, maior nação compradora da proteína do Brasil, foram interrompidas em 4 de setembro voluntariamente pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), como cumprimento do acordo sanitário firmado entre os dois países após a confirmação de dois casos atípicos de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), conhecido como “mal da vaca louca”, em Minas Gerais e Mato Grosso.

Nesta terça-feira (26), completam 52 dias de paralisação dos envios à China. A demora na resposta levou o Mapa a elaborar um documento no dia 19 deste mês que dava orientações sobre a estocagemcorreta da carne bovina que seria destinada ao país asiático. 

Também na semana passada, a ministra da pasta, Tereza Cristina, se colocou à disposição para viajar à China para negociar pessoalmente com o governo a volta das exportações, mas a expectativa é que as paralisações sejam destravadas em breve.

Fonte: Sistema Brasileiro do Agronegócio / SBA

Últimas notícias

Incaper lança revista sobre Indicações Geográficas e Certificação na Agropecuária Capixaba

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) lançou a ...

Açúcar: demanda fraca pressiona cotação do cristal

Os preços do açúcar cristal recuaram no mercado paulista, enquanto as negociações estiveram ...

Brasil bate recorde histórico em exportação de frutas em 2021

A demanda internacional aquecida, o clima favorável para a produtividade, a qualidade dos ...

Café solúvel quebra de recordes em 2021 e exporta para 98 países

Em mais um ano marcado pelo agravamento da pandemia mundial da Covid-19, que ...

Produtores rurais afetados pela alta temperatura e estiagem recebem orientação em SP

A Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP) está ...