Chuvas influenciam preços do café; liquidez está baixa

Janeiro começou com grandes volumes de chuva nas principais regiões produtoras de café do Brasil, o que tem influenciado as cotações, de acordo com informações do Cepea.

Com as precipitações favorecendo o desenvolvimento das lavouras, os preços do café arábica recuaram nos últimos dias.

Anúncio

Após certa estabilidade nos primeiros dias do ano, na casa dos R$ 1.025/saca de 60 kg, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6, bebida dura para melhor, posto na capital paulista abriu esta semana a R$ 1.002,85/sc.

Anúncio

De acordo com agentes consultados pelo Cepea, as chuvas volumosas também têm prejudicado algumas estradas importantes para o transporte e o escoamento da produção, bem como a entrega de insumos.

Quanto à liquidez, diversos agentes se mantiveram afastados do mercado na primeira semana do ano, dificultando as negociações.

Fonte: Cepea

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Como plantar mais café em espaço reduzido?

O pesquisador do Incaper, Paulo Sérgio Volpi, destacou que o jardim clonal superadensado ...

Parceria estratégica do Sistema OCB busca fortalecer cadeia de lácteos

Foto: Reprodução / Sistema OCB Unidade nacional se reuniu com Conselho dos Exportadores ...

Exportações do agronegócio brasileiro atingem US$ 37,44 bilhões

Em comparação ao mesmo período de 2023, o aumento foi de quase 4,4% ...

Empresas apresentarão novidades na Fruit Attraction Brasil

Para impulsionar o legado da horticultura brasileira e o mercado de frutas e ...

Conab estima redução na safra brasileira de grãos

Foto: Freepik A sétima estimativa da safra de grãos 2023/2024, divulgada pela Companhia ...