Cidade cortada pelo rio Doce ganha novo sistema de alerta contra inundação

Um novo sistema de alerta composto por três sirenes foi instalado recentemente no bairro Barra do Manhuaçu, em Aimorés (MG), como parte do Programa de Segurança e Alerta no Trecho de Vazão Reduzida (TVR) da Usina Hidrelétrica de Aimorés. Essas sirenes estão posicionadas estrategicamente para alertar os moradores nos casos de elevação repentina do nível do rio Doce, em função de ocorrências operacionais na Usina Hidrelétrica de Aimorés.

A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC) de Aimorés e o Núcleo de Proteção e Defesa Civil (NUPDEC), em colaboração com a Aliança Energia, monitoram as variações na vazão dos rios Doce e Manhuaçu e fornecem informações sobre os riscos de alagamento aos moradores. As sirenes do Programa de Segurança e Alerta (PSA) serão acionadas durante os testes anuais e em emergências operacionais na UHE Aimorés.

Anúncio

Segundo Adilison Melo, coordenador da Usina de Aimorés, todo ano, antes de começar o período chuvoso, serão realizados testes sonoros para avaliarem o funcionamento do sistema. A agenda dos testes será divulgada com antecedência, orientando a comunidade para que, nesses casos, continuem com suas atividades normais e participem das pesquisas, que ajudarão a avaliar o efetivo funcionamento do sistema.

Anúncio

“Na situação de ocorrência operacional na UHE Aimorés, o acionamento das sirenes será realizado única e somente durante o período chuvoso, se a usina parar de gerar sem possibilidade de retorno imediato e se estiver passando elevado volume de água pelo rio Doce. Nesses casos, seria necessário vertermos toda a vazão turbinada, o que adicionaria cerca de até 1.500 metros cúbicos de água por segundo ao TVR em um curto espaço de tempo, podendo causar alagamento de residências. Os moradores serão instruídos a se deslocarem imediatamente até o Ponto de Encontro na Escola Estadual Américo Martins da Costa ao ouvirem as sirenes, onde serão orientados pela COMPDEC e o NUPDEC”, explica.

O Programa de Segurança e Alerta no TVR tem o objetivo preventivo de garantir proteção e socorro à comunidade da Barra do Manhuaçu e a segurança das pessoas durante os vertimentos (abertura das comportas) no período chuvoso. “Nos casos de parada das máquinas, em que ocorre aumento repentino de vazão, o restante da cidade de Aimorés é menos atingido e, por isso, priorizamos esse bairro, que tem maior impacto”, conclui.

Fonte: Serifa Comunicação

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Estudo procura ferramentas para ajudar cafeicultores do ES no combate à ferrugem

Foto: Acervo da Pesquisa Uma pesquisa da Ufes está criando um sistema para ...

Dois novos cursos de doutorado aprovados na Ufes em Alegre e Maruípe

A Capes aprovou dois novos cursos de doutorado na Ufes, um em Nutrição ...

Exportações do agro do Espírito Santo crescem 83% no primeiro semestre de 2024

Foto: Freepik Nos primeiros cinco meses de 2024, o agronegócio do Espírito Santo ...

Casos suspeitos de doença de Newcastle na zona de proteção são descartados no Rio Grande do Sul

Foto: Freepik Três casos suspeitos de doença de Newcastle (DNC) foram descartados após ...

Feira de Agronegócios Cooabriel tem projeção milionária de negócios

Foto: Cooabriel A Feira de Agronegócios da Cooabriel, realizada pela cooperativa e considerada ...