Colheita do café impulsiona geração de empregos no mês no Espírito Santo

O setor agropecuário teve saldo de empregos positivo no mês de maio. Foram 7.138 novas vagas de empregos formais, o que corresponde a 52,5% dos empregos gerados entre todas as atividades econômicas: Agropecuária (+7.138), Indústria Geral (+1.362), Construção (+850), Comércio (+1.484) e Serviços (+2.759).

O saldo acumulado nos cinco primeiros meses de 2023 é de +29.169 empregos formais no conjunto dos setores, e a agropecuária corresponde a  31,3% desses postos de trabalho (9.139 empregos de janeiro a maio de 2023). Os dados foram divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego, por meio do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo CAGED), e analisados pela Gerência de Dados e Análises da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (GDN/SEAG).

Continua após o anúncio

“Houve um crescimento de 24% na geração de empregos na agropecuária no mês de maio ante abril, onde haviam 5.764 postos de trabalho. Se considerarmos os negócios associados à produção agropecuária, tais como agroindústrias, logística e serviços aplicados ao agronegócio, o número ultrapassa imensamente o montante de sete mil empregos”, afirma Enio Bergoli, secretário de Estado da Agricultura.

Esse saldo atual dos postos de trabalho na agropecuária foi impulsionado principalmente pela colheita de café que está a todo vapor nesse período do ano. Os empregos relacionados ao cultivo de café correspondem por 73% dos postos de trabalhos gerados nesse setor, ou seja, 5.194 empregos somente no mês de maio.

Em nível municipal, as cinco cidades que mais geraram empregos formais na agropecuária em maio foram: Sooretama (+1.720), Jaguaré (+1.072), Linhares
(+927), Vila Valério (+825) São Mateus (+688). Juntas, essas cinco cidades correspondem a 73,3% dos empregos formais da agropecuária do Estado.

“Um destaque importante para os municípios de Sooretama e Linhares que juntos, somaram mais de 2.700 empregos na agropecuária. Linhares é uma das cidades mais importantes do Brasil em termos de consolidação de todos os elos que compõem as cadeias produtivas do agronegócio nacional”, complementa Bergoli.

Fonte: Seag

Últimas notícias

Agroindústrias receberão Serviços de Inspeção de consórcios públicos

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) promoverá cerimônia de Integração dos Consórcios ...

Alimentos produzidos por povos indígenas e assentados serão entregues pela Conab

Nesta semana, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) fará duas entregas de alimentos ...

Senac-ES abre três mil vagas gratuitas para cursos à distância em diversas áreas

Foto: Freepik O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Espírito Santo (Senac-ES) está ...

Mais de seis mil garrafas de azeite de oliva falsificado e 28 toneladas de feijão são apreendidas

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) apreendeu 6.031 garrafas de azeite de ...

Grupo busca parceria para ampliar exportação de madeira para a China

Uma delegação brasileira de empresários e representantes do setor madeireiro está construindo uma ...