Comitiva capixaba chega a Dubai com missão de prospectar negócios

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Uma comitiva com empresários e lideranças capixabas chegou aos Emirados Árabes Unidos (EAU), nesta quinta-feira (11), para participar da Expo Dubai 2021. Ela faz parte da missão comercial da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a maior já realizada para um país árabe. A viagem, que acontece até o dia 20 de novembro, visa prospectar novos negócios e oportunidades. 

Além de participar do maior evento mundial, o grupo também vai divulgar a imagem do Espírito Santo e do país e sua produção sustentável, prospectar oportunidades de negócios para a indústria e promover os Institutos Senai de Tecnologia e de Inovação.

A iniciativa – coordenada pela CNI, em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) – é apoiada pela Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes). 

Para a presidente da Findes, Cris Samorini, oportunidades como essa contribuem para divulgar as potencialidades do Estado, além de fazer com que os envolvidos tenham um rico intercâmbio cultural e econômico. 

“A Expo Dubai é uma feira multissetorial, que abrange diversos tipos de negócios e cadeias produtivas. Vamos conhecer as principais inovações industriais e tecnológicas e ainda buscar investimentos para o nosso Estado”, afirma.

De acordo com a CNI, ao todo, 327 representantes de 230 indústrias do país e instituições públicas e privadas vão ter uma agenda que inclui rodadas de prospecção de negócios, networking empresarial, visitas técnicas e de busca de oportunidades de investimentos em Dubai.

A comitiva brasileira inclui lideranças institucionais e empresariais de setores como logística, transporte, siderurgia, metalurgia, construção civil, têxtil, alimentos e bebidas, automotivo, celulose, moveleiro, tecnologia da informação, entre outros.

Segundo o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, por reunir autoridades e lideranças empresariais de diversas partes do mundo, a exposição mundial representa um ambiente propício ao estreitamento de contatos entre o setor privado e é uma excelente maneira para se conhecer melhor o mercado local.

“O Brasil é reconhecido pelos Emirados Árabes como um parceiro estratégico. Há uma sintonia muito natural entre os árabes e o Brasil e eles veem o Brasil como um país de oportunidades, não apenas pelo tamanho do mercado de consumo como também pela influência e relevância que o país tem para a América Latina”, diz. 

Comitiva do ES

Na delegação capixaba estão representantes da Findes, do Governo do Estado e de empresas de diferentes segmentos. As despesas da viagem estão sendo custeadas pelos próprios participantes, que receberão apoio técnico durante a viagem, consultoria especializada no mercado árabe, circuito guiado aos pavilhões da Expo Dubai, disponibilidade de intérpretes, ingressos para três dias no evento, participação em visitas técnicas e no “Seminário Indústria Sustentável”.     

Cris Samorini destaca que a missão para Dubai é uma das iniciativas da Federação, por meio do Centro Internacional de Negócios (CIN-ES), para consolidar a promoção da imagem do Espírito Santo a partir de encontros empresariais e de relacionamento. 

Ela lembra que outras agendas já foram realizadas junto a diferentes países para promover um acesso mais estratégico e planejado a novos mercados de atuação, a exemplo de Portugal, Argentina e Japão. Ações nesse sentido geram negócios às empresas, permite que lideranças empresariais participem, em caso de feiras, de rodadas de negócios e visitas técnicas, além de ampliar os contatos de parceiros e investidores estratégicos.

Texto: Beatriz Seixas e Siumara Gonçalves/FINDES

Últimas notícias

Incaper lança revista sobre Indicações Geográficas e Certificação na Agropecuária Capixaba

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) lançou a ...

Açúcar: demanda fraca pressiona cotação do cristal

Os preços do açúcar cristal recuaram no mercado paulista, enquanto as negociações estiveram ...

Brasil bate recorde histórico em exportação de frutas em 2021

A demanda internacional aquecida, o clima favorável para a produtividade, a qualidade dos ...

Café solúvel quebra de recordes em 2021 e exporta para 98 países

Em mais um ano marcado pelo agravamento da pandemia mundial da Covid-19, que ...

Produtores rurais afetados pela alta temperatura e estiagem recebem orientação em SP

A Federação de Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP) está ...