Compete-ES registra 117 empresas em menos de dois meses de 2023

Foto: Léo Júnior/Vice-governadoria

Nos primeiros dois meses de 2023, o Governo do Espírito Santo registou 117 empresas no Programa de Desenvolvimento e Proteção à Economia do Estado do Espírito Santo (Compete-ES). Os setores com contratos firmados dentro dos incentivos foram o comercial atacadista, rochas ornamentais, bares e restaurantes e e-commerce.

Anúncio

O vice-governador e secretário de Estado de Desenvolvimento, Ricardo Ferraço, reforçou que o Compete-ES é um instrumento que potencializa a atração e a atuação dos empreendedores, além de estimular o desenvolvimento de maneira equilibrada em diversas regiões capixabas.

Anúncio

“Nosso empenho é sempre para promover o desenvolvimento, fomentar o empreendedorismo e gerar emprego e renda para os capixabas. A prioridade é fazer a economia capixaba estar aquecida e atrair novos projetos, novos negócios. A política de incentivo fiscal do Governo do Estado é um diferencial que precisa sempre estar atrelada a contrapartidas sólidas, com resultados e capazes de contribuir com a redução das desigualdades econômicas regionais”, destacou Ricardo Ferraço.

Em janeiro, o Compete-ES registrou a inclusão de empresas sediadas em Aracruz, Colatina, Linhares, Pancas e na Região Metropolitana da Grande Vitória, sendo 52 empresas do setor comercial atacadista, 14 na área de e-commerce, quatro no segmento de bares e restaurantes, duas empresas de transporte rodoviário de cargas, uma empresa do setor da indústria metalmecânica e uma de perfumaria e cosméticos.

Já em fevereiro, foram 30 empresas do setor comercial atacadista, nove de bares e restaurantes, três empresas de e-commerce e uma de rochas ornamentais. As sedes dessas empresas estão localizadas nos municípios de Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Domingos Martins, Ibatiba, Linhares, Marataízes, Marechal Floriano, Nova Venécia e na Região Metropolitana da Grande Vitória.

A subsecretária de Estado de Competitividade, Rachel Freixo, ressaltou que as empresas inscritas no Compete-ES são contempladas com o incentivo tributário Estadual. O objetivo é possibilitar que essas empresas tenham a oportunidade de viabilizar a modernização dos projetos comerciais delas, mas também há contrapartidas.

“Apresentadas anualmente pelas beneficiárias, as contrapartidas são fundamentais para o acompanhamento do grau de eficiência e eficácia das políticas públicas tributárias adotadas, bem como evidencia a relevância do programa para a competitividade econômica do Estado”, enfatizou a subsecretária Rachel Freixo. 

COMPETE-ES – O Compete-ES é um instrumento de política pública que tem por objetivo potencializar a competitividade das sociedades empresárias instaladas no Estado em relação às similares de outras regiões do país. O setor produtivo participante do programa se compromete a investir em ações que resultem em seu próprio desenvolvimento socioeconômico sustentável, a manutenção e criação de empregos, ocupação, renda e a evolução na capacitação profissional da população local, simultâneo ao incremento da capacidade industrial, tecnológica e comercial do setor.

Fonte: Sedes

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Festival gastronômico celebra cultura capixaba com o Fest Torta em Vitória

Neste sábado (20) e domingo (21), no bairro Jesus de Nazareth, em Vitória, ...

Espírito Santo vai receber primeira Usina de Biometano para uso industrial e residencial

Foto: Hélio Filho/Secom Em um passo histórico rumo à sustentabilidade, o Espírito Santo ...

Valor bruto da produção ultrapassa R$ 1,14 trilhão em março

Soja, milho, Cana-de-açúcar, café e laranja foram responsáveis por 52% do valor total ...

Nater Coop premia startups em Programa de Inovação Aberta

Foto: Bruno Faustino Ao longo de 2023, a cooperativa impulsionou a inovação lançando ...

ES firma acordo para ampliar alcance de frutas e especiarias capixabas no mercado internacional

As frutas e especiarias produzidas no Espírito Santo ganharão ainda mais reconhecimento internacional, ...