Congresso Brasileiro do Agronegócio apontará os caminhos para o setor após pandemia

A responsabilidade do agronegócio brasileiro em levar alimentos à mesa das famílias no país e no mundo foi posta à prova com o distanciamento social imposto pela pandemia da Covid-19. E, o setor respondeu de maneira contundente, ao manter sua produção, a fim de garantir o abastecimento em supermercados, feiras livres e centrais de alimentos.  

Mesmo assim, o segmento está enfrentando desafios, com a brusca transformação imposta pelo vírus. Por isso, precisou acelerar a adoção de tecnologias, de processos e gestão, como forma de sustentar toda a cadeia produtiva. Em meio a esse novo cenário, a Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), cumprindo seu papel de trabalhar para o desenvolvimento do agro nacional, e decidiu promover o Congresso Brasileiro do Agronegócio (CBA). A realização será em parceria com a B3 – Brasil, Bolsa, Balcão. Esse é um dos eventos mais relevantes do universo do agronegócio brasileiro, e será realizado no dia 3 de agosto, a partir das 9 horas, com um formato totalmente virtual. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas diretamente no site oficial. 

De acordo com o Marcello Brito, presidente do Conselho Diretor da ABAG, o segmento está buscando entender seu papel depois da pandemia e direcionar seus esforços, com o propósito de manter sua produtividade e competitividade em um cenário global de crise. Brito receberá a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, na solenidade de abertura do evento online. 

Desse modo, para responder aos principais questionamentos dos produtores rurais e profissionais do agro, a ABAG optou por dividir o Congresso Brasileiro do Agronegócio em três painéis, moderados pelo jornalista William Waack. São eles: O Agro Brasileiro e a Crise Global; Mercado Financeiro, Seguro e Crédito Rural e O Agro e a Nova Dinâmica Econômica, Social e Ambiental. 

Em cada um deles, os internautas acompanharão o depoimento de uma importante personalidade nacional: o embaixador do Brasil junto à União Europeia, Marcos Galvão; o presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto, e o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), Celso Luiz Moretti, respectivamente.  

Além disso, em todos os painéis, os participantes também poderão fazer suas perguntas durante os debates, para serem respondidas pelos especialistas dos segmentos do agronegócio e da economia, da indústria alimentícia, de institutos de pesquisa e do comportamento social e humano. A programação completa pode ser conferida no site oficial.  

Para Marcello Brito, neste momento desafiador pelo qual passa o planeta, o Congresso Brasileiro do Agronegócio ressalta o esforço do agro nacional em trazer avaliações que colaborem para um entendimento sobre os caminhos a seguir em um futuro próximo. O presidente da ABAG também será responsável pelo encerramento do CBA junto com o ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, atual coordenador do GVagro da FGV.   

Congresso Brasileiro do Agronegócio

  • Tema: Lições para o Futuro
  • Data: 3 de agosto de 2020 
  • Horário: das 9h00 às 13h30 
  • Inscrições e informações: www.congressoabag.com.br

Fonte: Mecânica Comunicação Estratégica

Últimas notícias

Força tarefa do agro vai ajudar produtores com prejuízos da chuva de granizo

As recentes chuvas de granizo atingiram municípios do interior do Espírito Santo no ...

Mudas de café conilon clonal são produzidas e plantadas nas montanhas

Santa Maria de Jetibá, conhecida como a cidade que mais produz ovos no ...

A importância do tratamento homeopático em animais

Low angle portrait of cute dog resting on rug and looking forward with ...

BSCA E Apex-Brasil renovam projeto de promoção internacional dos cafés especiais

Estruturado sobre os pilares de inteligência mercadológica, promoção interna e externa e consolidação ...

Exportações de carne suína registram maior volume mensal da história

As exportações brasileiras de carne suína (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) ...