Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio se une ao movimento “Pacto Contra a Fome”

Foto: Divulgação

O Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio (CNMA), que ocorre nos dias 23 e 24 de outubro no Transamerica Expo Center, em São Paulo (SP), terá como parceiro social desta 9ª edição o movimento Pacto Contra a Fome. A intenção é juntos promoverem o combate ao desperdício de alimentos e à insegurança alimentar no Brasil. 

Anúncio

De acordo com o Instituto Fome Zero, em pesquisa divulgada em março passado, relativa ao ano de 2023, o número de brasileiros que sofrem insegurança alimentar no país chega a 20 milhões de pessoas. Essa projeção foi feita a partir do cruzamento de dados da Pesquisa de Orçamento Familiar e da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), ambas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ao mesmo tempo, estudo feito pelo Pacto Contra a Fome demonstra que 55 milhões de toneladas de alimentos são desperdiçados anualmente no país. 

Anúncio

Diante desse quadro, a gerente de Desenvolvimento e Novos Negócios do Transamerica Expo Center e organizadora do CNMA, Renata Camargo, afirma que o tema precisa ser combatido por todos os atores importantes da sociedade, e o agronegócio sempre se mostrou sensível à causa.

“A preocupação com a insegurança alimentar faz parte do nosso meio. Essa ação em conjunto com o Pacto Contra a Fome pode trazer novas ideias e projetos viáveis para que possamos juntos eliminar esse problema ainda tão presente na nossa sociedade”, pontua. 

A CEO do Pacto Contra a Fome, Rosana Blasio, acredita que a parceria será bastante positiva. “Temos convicção de que as mulheres que atuam no agronegócio têm muito a contribuir seja por meio da incidência em suas comunidades, no apoio às pautas ou agregando ideias e iniciativas que ajudem a mudar os ponteiros da fome no Brasil”, disse.  

MISSÃO – O Pacto Contra a Fome tem como missão acabar com a fome até 2030 e, até 2040, ter todas as pessoas bem alimentadas. O cumprimento desta meta passa por iniciativas de todos os setores, de governos à sociedade civil. Para o Instituto, a fome é um problema complexo e multissetorial cujas causas são a desigualdade social, a pobreza e a falta de acesso ao alimento, e sua erradicação depende de uma série de ações e políticas públicas que atuem em suas origens. 

Maior congresso global de mulheres do agronegócio 

Caminhando para sua nona edição, o Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio será realizado nos dias 23 e 24 de outubro, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. A expectativa deste ano é receber 3.600 congressistas, novo recorde de público. 

Trabalhando assuntos diversos, relevantes e atuais, com a presença de grandes nomes e instituições do agro, este ano o CNMA terá como tema principal “Mulher Agro Brasileira: Voz para o Mundo”, cujo objetivo é utilizar a força da voz feminina como meio de expandir a visão global sobre o agronegócio brasileiro e ajudar a criar uma percepção justa do setor. As inscrições podem ser realizadas pelo site www.mulheresdoagro.com.br/inscricao.

Fonte: Attuale Comunicação 

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

62% dos navios para exportação de café registram atrasos em junho

De acordo com um levantamento do Cecafé, realizado com exportadores responsáveis por 77% ...

Banestes disponibiliza R$ 1 bilhão para o Plano Safra 2024/2025

Foto: Divulgação O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) anunciou, na manhã ...

Saiba como é a produção de mudas in vitro

Está disponível no canal do YouTube do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica ...

Concurso irá premiar as 10 melhores fotos e vídeos das montanhas capixabas

Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem Chegou a hora de revelar os segredos mais bem ...

Cafeicultura sustentável torna Seguro Rural mais barato

Foto: NKG-Stockler Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), o Conselho Nacional do Café ...