Conheça os programas do Senar-ES que levam conhecimento para produtores rurais

Com o intuito de aprimorar a vivência e experiência no campo, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar-ES), em parceria com a Federação de Agricultura e Sindicatos Rurais, leva capacitações profissionais ao público rural. As formas de aprendizagem são divididas em quatro programas: Formação Técnica (e-Tec), Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), Formação Profissional Rural (FPR) e Atividades de Promoção Social (PS). 

E-Tec – Reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), a e-Tec é a formação técnica do Senar que oferta cursos de nível médio com atividades semipresenciais. 

Anúncio

Com o foco de impulsionar quem busca se posicionar no mercado de trabalho e no Agronegócio, a e-Tec conta com cinco opções de cursos: Agricultura, Agronegócio, Fruticultura, Florestas e Zootecnia. 

Anúncio

O curso de Agricultura é novidade, as primeiras turmas iniciarão em março de 2024,  enquanto os de Agronegócio, Zootecnia e Fruticultura já são ofertadas pelo Senar-ES há um tempo. O curso técnico em Floresta ainda não foi ofertado no estado.

Os tutores presenciais acompanham os alunos nas aulas teóricas e práticas que acontecem nos Polos de Ensino, já na plataforma online eles são assistidos por monitores, mediares e Tutores EaD. No fim do programa, os alunos recebem o diploma de habilitação técnica, reconhecido pelo MEC.

Os cursos de Agricultura, Agronegócio, Florestas e Zootecnia têm duração de 2 anos, enquanto Fruticultura dura 2 anos e meio.

ATEG – A Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) acompanha o produtor individualmente durante dois anos e quatro meses. Com visitas mensais de quatro horas em cada propriedade, o serviço gratuito oferecido tem o foco na gestão, geração de renda e na melhoria de produção, baseado em cinco ações:

  1. Diagnóstico produtivo individualizado;
  2. Planejamento estratégico;
  3. Adequação tecnológica;
  4. Capacitação profissional complementar;
  5. Avaliação sistemática de resultados.

FORMAÇÃO PROFISSIONAL RURAL – Dedicado a pessoas do campo, a Formação Profissional Rural (FPR) funciona no formato presencial, à distância ou híbrido (com aulas presenciais e EaD). No Espírito Santo, atualmente, possuem mais de 100 opções de cursos disponibilizados gratuitamente, que auxiliam na profissionalização do público do meio rural.

O formato EaD ainda permite que mais pessoas sejam alcançadas, consequentemente aumentando a produtividade, a qualidade de vida e a renda desses produtores.

A duração de cada treinamento varia entre 2 e 75 dias, com carga horária de 16 a 54 horas, dependendo do curso escolhido. No momento, são 115 cursos com matrículas abertas.

Entre as opções de Formação Profissional existem os cursos com ou sem o acompanhamento de um tutor, que podem ser feitos pelo aplicativo do Senar EaD, além dos treinamentos por WhatsApp.

São 15 categorias com diversos cursos relacionados. Uma das categorias é de Construções Rurais, que possui cursos de Proteção de Nascentes, Manejo Produtivo de Apicultura e Gestão da Atividade Agropecuária: Custos de Produção.

Outro exemplo é o de Administração Rural, com cursos de Atendimento ao Cliente para Produtores Rurais, Administração Rural e Busca por Resultados e Segurança Rural.

Já a categoria de Produção Animal conta com cursos como o de Manejo Racional e Bem-estar de Bovinos, Inseminação Artificial em Tempo Fixo e de Manejo de Cavalos.

Todos esses exemplos são cursos de Ensino à Distância, feitos sem tutoria, com aulas por aplicativo ou WhatsApp. Ou seja, o público rural de todo o Brasil pode fazer.

Acesse ead.senar.org.br/senar-play e saiba mais.

ATIVIDADES DE PROMOÇÃO SOCIAL – As atividades de Promoção Social são aquelas com enfoque educativo, que leva conhecimento, mudanças de atitudes e habilidades pessoais aos produtores rurais e às suas famílias.

Ao desenvolver novas aptidões, o público rural garante maior participação na vida comunitária, além de despertar consciência crítica e, principalmente, provocar uma melhoria na qualidade de vida como cidadãos.

Sempre voltadas para a educação, as atividades de promoção social abordam temas como o empoderamento, a sustentabilidade, o respeito às diversidades, a inclusão social e digital, a organização comunitária, o consumo consciente, a solidariedade, o exercício da cidadania, o protagonismo e o autoconhecimento.

Confira as áreas de atividades de Promoção Social do Senar do Espírito Santo:

  • Alimentação e Nutrição;
  • Apoio às Comunidades Rurais;
  • Artesanato;
  • Educação;
  • Organização Comunitária;
  • Saúde.

As atividades de Promoção Social possuem caráter educativo e preventivo, estão enquadradas na modalidade de educação não formal e devem ter continuidade.

MISSÃO DO SENAR – O Senar possui a missão de realizar ações educacionais, contribuindo para o desenvolvimento do produtor e do trabalhador rural brasileiro com foco na produção sustentável, na inovação e na valorização das pessoas do campo.

Sendo assim, a cada ano, o Senar atende milhares de brasileiros no campo gratuitamente, promovendo a qualificação e o aumento da renda, por meio de cursos que englobam cerca de 300 profissões nas diversas áreas do agronegócio.

Para o primeiro trimestre de 2024, a estimativa é que as ações do Senar-ES alcancem um público de mais de 3 mil pessoas.

Fonte: Assessoria de Comunicação Faes / Senar-ES

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Campeonato Brasileiro de Blends de Café será realizado no São Paulo Coffee Festival

Foto: Freepik A Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC) realizará a etapa ...

Equipes coletam dados para nova pesquisa da Conab da safra brasileira de grãos

Foto: iStock Farmer handful of harvested corn kernels from the heap loaded into ...

Comidas típicas da festa junina contam com 36% de impostos no preço final

Foto: Julio Huber A chegada das festas juninas costuma ser motivo de alegria ...

Capixaba é eleito o melhor criador e expositor na Megaleite 2024 na categoria CCG 1/2 Hol + 1/2 Gir

Encerrada a 19ª edição da Megaleite no último sábado (15), a Associação Brasileira ...

Equipamento promete secagem de cafés especiais em menos de 24 horas

Tecnologia desenvolvida pela Dryeration, foi testada e aprovada por produtores da Alta Mogiana ...