Cooperativa mais antiga do Brasil comemora 110 anos e anuncia mais de R$ 120 milhões em investimentos

default

Cooperativa agropecuária mais antiga do Brasil, a Cooperativa Agrícola Mista General Osorio (Cotribá), do Rio Grande do Sul, comemora 110 anos em 2021. Para celebrar a data, anuncia investimentos que ultrapassam R$ 120 milhões. O principal deles é a nova fábrica de rações em Ibirubá (RS), que demandará recursos na ordem de R$ 100 milhões. Totalmente automatizada, a unidade terá capacidade para produzir 200 mil toneladas/ano.

A Cotribá também incrementará a sua estrutura logística com investimento de R$ 23 milhões em uma nova unidade de armazenamento de grãos em Cruz Alta, considerada o porto seco da Cotribá e responsável pelo recebimento de 95% da safra da cooperativa. “Esse investimento representa o nosso compromisso de manter a nossa cooperativa sempre jovem, mesmo com mais de um século, e preparada para aproveitar as oportunidades de mercados em que já atuamos, bem como expandir para novos nichos vinculados ao agronegócio”, afirma o diretor vice-presidente da Cotribá, Enio Cezar Moura do Nascimento.

A fábrica de rações contará com sistemas robotizados no ensaque e expedição. Na primeira fase da operação, prevista para 2023, serão produzidas rações para bovinos de leite e corte, suínos, equinos, ovinos e suplementos minerais. Com a nova fábrica, o número de colaboradores passará de 107 para 170 e as obras devem começar ainda no primeiro trimestre de 2021. Conforme Nascimento, esse ciclo de investimentos beneficiará diretamente os associados e contribuirá com o desenvolvimento das suas comunidades. A cooperativa tem unidades em 24 municípios gaúchos.

A Cotribá, que conta atualmente com unidades de rações em Ibirubá e em Tapera, é a maior produtora de rações para o gado leiteiro do Estado. Seus produtos são reconhecidos em mais de 15 premiações em concursos leiteiros na Expointer. Com a ampliação da produção, haverá também aumento da demanda de matéria-prima, a ser suprida pelos associados, e a estimativa é de dobrar esse consumo quando a operação estiver a pleno vapor.

A previsão é de que anualmente serão necessárias 1,72 milhão de sacas de milho, cevada e aveia e 89 mil toneladas de soja, trigo e arroz. As rações são vendidas em todo o Estado. Com a nova fábrica será possível aumentar também o mix de produtos com marca própria.

PERFIL – Com mais de oito mil associados, a cooperativa tem sede administrativa em Ibirubá e atua nos segmentos de grãos, insumos, fábricas de rações, farmácia veterinária, seção de peças, postos de combustíveis, supermercados, loja de departamentos, centro comercial, praça de alimentação e comercialização de diesel a granel para os associados, com entrega na propriedade, através da licença de TRR – Transportador Revendedor Retalhista.

O carro-chefe é o recebimento, armazenagem, produção e comercialização de grãos. Esses negócios respondem por 64% da renda bruta da Cotribá, cujo faturamento foi superior a R$ 1,5 bilhão em 2020. A previsão para este ano é de uma safra em torno de 12 milhões de sacas de soja e para dar suporte aos seus produtores, dispõe de uma equipe de mais de 100 consultores técnicos e veterinários que vão a campo para dar orientações. A cooperativa também tem uma das maiores bacias leiteiras do Estado.

Para dar conta do recebimento e armazenagem de grãos, a Cotribá conta atualmente com uma capacidade de estocagem de cerca de seis milhões de sacas e investe na ampliação com a nova unidade em Cruz Alta e a reforma do armazém de Cachoeira do Sul.

Fonte: Moglia Comunicação

Últimas notícias

Produto para suínos será apresentado durante live da Favesu

Foto: Sidney Dalvi A preparação para a 6ª Feira de Avicultura e Suinocultura ...

Áreas de seca aumentam em janeiro no Espírito Santo

 A última atualização do  Monitor de Secas aponta que no Espírito Santo, em janeiro, ...

Lavouras de soja apresentam bom desempenho nas áreas produtoras

As condições das lavouras de soja melhoraram após um começo de temporada marcado ...

Avicultura do Mato Groso renova seguro pioneiro no Brasil

Foto: Julio Huber A Associação Matogrossense de Avicultura (AMAV-MT) renovou seguro avícola do ...

Pesquisadores elaboram dicionário das características sensoriais do chá-mate

Grupo avaliou amostras de chá de diferentes regiões do Brasil para definir 39 ...