Cooperativas geram quase meio milhão de empregos no Brasil

Foto: Jacob Ammentorp Lund/iStock

Close up top view of young people putting their hands together. Friends with stack of hands showing unity.

Os dados disponibilizados pelo AnuárioCoop 2022, do Sistema OCB, apresentam números animadores sobre os rumos do cooperativismo no Brasil. O movimento cresce mais a cada dia e já reúne mais de 18 milhões de cooperados e 4.880 cooperativas em todo o país. Juntas, essas instituições geram um total de 493.277 empregos nos mais variados segmentos, como agropecuária, consumo, crédito, infraestrutura, saúde, transporte e produção de bens e serviços.

Anúncio

Na avaliação do presidente da Frente Parlamentar Mista do Cooperativismo (Frencoop) da Câmara dos Deputados, o deputado federal Evair de Melo, os indicadores da OCB revelam a importância estratégica do sistema cooperativista para o desenvolvimento social e econômico nacional. Segundo ele, a ampliação dos serviços prestados pelas cooperativas se justifica pelo próprio modelo de negócio, que promove crescimento econômico e social sustentável de forma individual e coletiva, e que gera emprego e renda, movimenta a economia e aumenta a arrecadação de tributos no país.

Anúncio

“O sistema cooperativista mostra que a união não faz apenas a força, mas também a diferença, pois ninguém perde quando todos ganham. Não é por acaso que houve avanços importantes no número de empregos gerados por cooperativas entre 2020 e 2021 e um aumento significativo na representatividade feminina nos empreendimentos, inclusive em posições de liderança”, completou o deputado Evair.

O parlamentar sustenta que a chave do sucesso do sistema cooperativista está na colaboração e também na construção conjunta e que, neste cenário, o cooperativismo brasileiro tende a seguir em ascensão, com resultados cada vez mais positivos, uma vez que a crise fez com que mais pessoas se aproximassem de soluções coletivas, como as que vêm sendo apresentadas pelo setor. Os números de todos os ramos do sistema e os dados completos que mostram o crescimento do cooperativismo no Brasil entre 2020 e 2021 estão disponíveis no Anuário do Cooperativismo Brasileiro 2022: acesse o link.

“O cooperativismo é um modelo de negócio que tem as pessoas como centro e que prioriza o trabalho colaborativo como alavanca de desenvolvimento. O grande desafio do setor, agora, é saber aproveitar as oportunidades de um mercado cada vez mais exigente, sem, contudo, esquecer dos valores e princípios praticados em mais de 100 países e que torna o cooperativismo um modelo único de negócio em todo o mundo”, finalizou Evair de Melo.

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Consumo de café solúvel cresce 5,3% no trimestre

Setor vem em expansão desde 2016; avanço reflete investimentos em qualidade, diversidade, formação ...

ES+Café irá promover imersão no universo da cafeicultura capixaba

A Feira ES+Café irá promover uma verdadeira imersão no universo da cafeicultura capixaba ...

Projeto entrega novas barracas a feirantes de Vitória

Foto: Marcos Salles Entrega das novas barracas das Feiras Livre Os feirantes que ...

Como plantar mais café em espaço reduzido?

O pesquisador do Incaper, Paulo Sérgio Volpi, destacou que o jardim clonal superadensado ...

Parceria estratégica do Sistema OCB busca fortalecer cadeia de lácteos

Foto: Reprodução / Sistema OCB Unidade nacional se reuniu com Conselho dos Exportadores ...