Cooperativismo capixaba é destaque em audiência pública sobre a economia do ES

O superintendente do Sistema OCB/ES, Carlos André Santos de Oliveira, apresentou dados sobre o movimento no estado

O movimento cooperativista, toda a sua potencialidade e seus principais resultados em solo capixaba foram tema de uma palestra ministrada na manhã desta sexta-feira (11/3) pelo superintendente do Sistema OCB/ES, Carlos André Santos de Oliveira. A apresentação ocorreu durante a audiência pública “Cenários e Perspectivas: A Economia do ES em Debate”, promovida pelo Centro de Estudos e Debates Estratégicos (Cedes) da Câmara Federal.

O momento contou com a presença de diversas autoridades estaduais e nacionais, entre elas o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira; o presidente do Cedes, deputado Da Vitória; o também deputado federal e presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), Evair de Melo; o governador Renato Casagrande; e o presidente do Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor do Estado do Espírito Santo (Sincades), Idalberto Moro; além de prefeitos, vereadores e personalidades do setor privado.

Anúncio

Em sua fala, o Carlos André teve a missão de levar ao público presente um conhecimento dinâmico e objetivo do modelo de negócio cooperativista, mostrando o impacto que ele possui na vida de milhares de pessoas. De acordo com dados do Anuário do Cooperativismo Capixaba 2021, lançado pelo Sistema OCB/ES, esse modelo de negócio foi responsável por 4,7% do Produto Interno Bruto (PIB) nominal capixaba em 2020, indicador que mostra a sua força.

Anúncio

“Entre 2019 e 2020, apesar da crise, o cooperativismo teve um crescimento de 6% no número de empregados. Ele também representa o principal motor da saúde suplementar brasileiro, está presente na grande maioria dos municípios, no qual as cooperativas financeiras têm um importante papel nesse número, apenas para citarmos alguns exemplos de como é a nossa participação em todo o desenvolvimento do país”, disse.

Além de apresentar alguns dos principais indicadores nacionais e locais, o superintendente também pontuou questões que já avançaram no congresso nacional, parabenizando os parlamentares, e levou pautas que ainda precisam de atenção do Legislativo. Entre esses pontos, estavam: a inclusão do Ato Cooperativo na Reforma Tributária, a modernização da Lei Complementar 130/09, a garantia da participação das coops no mercado de seguros, a manutenção das políticas públicas referentes ao crédito rural e a permissão para que o cooperativismo possa ser um prestador de serviços de telecomunicação.

Ainda de acordo com o representante do Sistema OCB/ES, a participação do cooperativismo em um espaço como esses proposto pelo Cedes é importante para todo o movimento. “Em um evento que fala sobre a retomada econômica, é fundamental mostrar a relevância do movimento coop e como ele pode ajudar a alavncar a economia do Brasil para esses importantes atores políticos e empresariais. O cooperativismo vem avançando a passos largos, mas podemos conquistar muito mais”, completou.

Além da apresentação de Carlos André, o momento também contou com falas de outros convidados. Toda a programação foi transmitida pelo canal oficial da Câmara dos Deputados. Assista:

Fonte: OCB-ES

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Consumo de café solúvel cresce 5,3% no trimestre

Setor vem em expansão desde 2016; avanço reflete investimentos em qualidade, diversidade, formação ...

ES+Café irá promover imersão no universo da cafeicultura capixaba

A Feira ES+Café irá promover uma verdadeira imersão no universo da cafeicultura capixaba ...

Projeto entrega novas barracas a feirantes de Vitória

Foto: Marcos Salles Entrega das novas barracas das Feiras Livre Os feirantes que ...

Como plantar mais café em espaço reduzido?

O pesquisador do Incaper, Paulo Sérgio Volpi, destacou que o jardim clonal superadensado ...

Parceria estratégica do Sistema OCB busca fortalecer cadeia de lácteos

Foto: Reprodução / Sistema OCB Unidade nacional se reuniu com Conselho dos Exportadores ...