“Crescemos quase uma cooperativa por ano”, diz presidente da Minasul

Foto: Divulgação

Apesar da pandemia do Covid-19, presidente da Minasul está otimista com as oportunidades do agronegócio brasileiro

Bruno Faustino

Mesmo diante de um cenário econômico incerto, a Minasul, segunda maior cooperativa de café do Brasil, realizou, em março, o maior embarque pra o exterior: 61.500 sacas de café. “E já temos outro embarque de mais 10 mil sacas de café programado para a Europa, apesar da pandemia do Covid-19 na região. Tem comprador querendo comprar antecipado. Na Inglaterra, por exemplo, o consumo cresceu 20% nos supermercados e isso se reflete em outras cidades”, comemora o presidente da cooperativa, José Marcos Rafael Magalhães.

Segundo ele, toda essa turbulência tem efeito colaterais benéficos para o agronegócio brasileiro. “Soja, café, milho… tudo isso é vendido em dólar e as perdas que tivemos, ao longo do caminho, estão sendo compensadas. A soja e o milho já foram colhidos e, agora, vem o café aí”, explica. 

BALANÇO – Tanto otimismo não é em vão. Em 2019, a Minasul obteve um crescimento de 29% no faturamento líquido, aumento de 70% nas exportações, 13% no número de cooperados ativos, e um ganho de 42% no lucro líquido, com uma receita operacional líquida de R$ 1,44 bilhão ante o resultado do exercício anterior de R$ 1,12 bilhão. A cooperativa registrou ainda um resultado abrangente (lucro) de R$ 20,05 milhões, ante R$ 14,56 milhões registrados em 2018.

“Diversificação é a resposta para este resultado. Hoje, trabalhamos com café, cereais, insumos, máquinas, tratores, implementos e representamos várias empresas de fertilizantes. Isso gerou o nosso crescimento. Ah! não podemos esquecer da nossa presença no mercado internacional”, frisou. 

José Marcos Rafael Magalhães – presidente da Minasul
Em março, a cooperativa realizou o maior embarque pra o exterior: 61.500 sacas de café

O total de café em estoque, na virada do ano, também surpreendeu, foi o menor dos últimos 10 anos, de R$ 166,3 milhões, o equivalente a 415.579 sacas de 60 quilos. No exercício anterior, o total de safras em estoque era de 600.021. 

Em 2019, a cooperativa apresentou um plano estratégico 2019/2030 para quatros áreas de atuação: novos negócios, café, loja e institucional. “Os resultados já começam a aparecer. Estamos investindo fortemente neste plano para que os nossos cooperados possam continuar produzindo com tranquilidade e qualidade, e a cooperativa possa encontrar sempre as melhores oportunidades para aquisição de insumos e colocação de seus produtos”, diz.

Na área de novos negócios, a cooperativa consolidou a parceria MinasulÁsia com o embarque do primeiro carregamento com vários tipos de grãos, desde os fine cup e good até microlotes especiais. A loja da Minasul também surpreendeu positivamente, com faturamento de R$ 280 milhões, acima dos R$ 269 milhões registrados em 2018. Outro destaque, foi o lançamento do aplicativo que facilita a vida do produtor rural, deixando-o mais conectado com tudo que está acontecendo na cooperativa e no setor cafeicultor. O app também permite que o cooperado tenha acesso a todas as informações sobre o seu café estocado na Minasul a qualquer momento, e ainda ter informações sobre sua situação na loja. 

“Entramos na era digital, aproximando o produtor da tecnologia. Nos últimos 30 anos, produzíamos 7/8 sacas de café por hectare. Atualmente, são 32 sacas. Nos países com maior produtividade, esse número chega a 14 sacas. O Brasil fez o dever de casa da porteira para dentro, mas, para fora da porteira, ainda estávamos na idade da pedra. Agora, as coisas começam a mudar. Produtor e consumidor estão separados por uma tela. Esse é o futuro e o que podemos oferecer aos nossos cooperados. 

Últimas notícias

Exportações de cafés conilon e solúvel do Espírito Santo batem recorde histórico

Com o fim do ano de 2020, o café capixaba, mais uma vez, ...

Pandemia evidencia a urgência de uma produção agrícola mais sustentável

A população mundial deve aumentar para quase 10 bilhões até 2050 e uma ...

Fundos de investimento no agronegócio favorecem capitalização do setor

O agronegócio brasileiro está prestes a se aproximar ainda mais do ecossistema de ...

Brasil bate novo recorde histórico de exportação de café em 2020

Em 2020, o Brasil exportou 44,5 milhões de sacas de café, considerando a ...

Felino é atropelado e morre na BR-262

Foto: Thiago Souza de Oliveira Julio Huber Um felino macho foi encontrado morto, ...