Crimes ambientais são flagrados e embargados em Marechal Floriano

Uma nova fase da “Operação Curupira”, que visa coibir crimes ambientais no Espírito Santo, ocorreu na última sexta-feira (20), em Marechal Floriano. A operação teve o propósito de inibir o desmatamento ilegal, o loteamento irregular de solo e agressões ao meio ambiente que vem acontecendo desenfreadamente na região de Marechal Floriano.

A ação conjunta do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) e Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recurso Hídrico de Marechal Floriano (SEMEARH) ocorreu nas localidades de Alto Santa Maria, Rio Fundo e Batatal.

A operação identificou em Alto Santa Maria a construção de cinco platôs sem autorização dos órgãos ambientais e abertura de estrada em Área de Preservação Permanente (APP). Constatado o crime, foi confeccionado um boletim criminal e encaminhado à Polícia Civil para que sejam tomadas a medidas cabíveis.

A fiscalização realizada em Batatal e Rio Fundo teve por objetivo verificar propriedades que já haviam cometido crimes ambientais e haviam sido embargadas pela secretaria municipal de Marechal Floriano. Em Batatal foi constatado o descumprimento do embargo e a reincidência de crimes. Já em Rio Fundo também foi identificado o descumprimento do embargo, além da realização de aterro em APP.

Em ambas as localidades foram registrados boletins criminais que serão encaminhados para as autoridades competentes tomarem as atitudes necessárias quanto ao ocorrido.

Estiveram presentes na ação o comandante do Comando de Operações Táticas em Mata Atlântica (COTAMA), o 2° tenente Luciano Baleeiro Pereira; policiais ambientais do Destacamento de Polícia Ambiental de Domingos Martins e servidores da Secretaria de Meio Ambiente de Marechal Floriano. No total, 12 policiais participaram da operação.

O comandante do Destacamento da Polícia Ambiental de Domingos Martins, o sub tenente Ricardo Antônio de Freitas, ressalta a importância da operação realizada e a participação da comunidade nas denúncias. “Nosso objetivo é proteger a Mata Atlântica presente na nossa região, para isso precisamos da participação da população nas denúncias via o telefone 181. Essa é uma parte da operação, que teve início semana passada em Domingos Martins e também ocorreu em Santa Teresa. Vamos continuar fiscalizando diferentes áreas das montanhas capixabas em parceria com os demais órgãos ambientais”.

Fonte: Polícia Militar Ambiental

Últimas notícias

Lançamento da Ruraltures será nesta quinta-feira (07) em Venda Nova do Imigrante

Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem O Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau promoverá, amanhã ...

Sistema Cantareira opera em estado de alerta

Os últimos dias acenderam um alerta para o nível dos reservatórios que abastecem ...

Jovens agricultores participam de curso sobre formação de lideranças

Um dos pilares da Coordenadora Latino-americana e do Caribe de Pequenos Produtores e ...

Revista Negócio Rural vence prêmio de jornalismo de Pernambuco

O cooperativismo conecta pessoas e também histórias. Que similaridade poderia haver entre as ...

Serenata Italiana será no próximo sábado (09) em Venda Nova do Imigrante

Relembrar os costumes dos primeiros imigrantes italianos que chegaram em Venda Nova do ...