Cultivo de cacau e produção de chocolate pelas mesmas mãos

Foto: Rosi Ronquetti

A família Bissoli, de São Gabriel da Palha, cultiva cacau e produz chocolate

O cacau é cultivado pela família Bissoli há mais de 15 anos na propriedade localizada no Córrego Serrinha, em São Gabriel da Palha, noroeste capixaba. Há dois anos, o fruto tem sido transformado em chocolate pelas mesmas mãos que o plantam. A experiência de grande destaque foi apresentada na abertura da 2ª edição do HorizontES em Extensão com o tema “Agregação de valor e mercados especiais”.

A produção pioneira na propriedade foi o café, mas o desejo em diversificação levou à plantação do cacau. O casal de produtores rurais Cleomir Bissoli e Adelma Grigoleto Bissoli se reinventaram novamente com a criação da agroindústria de Chocolates Faccinio, a primeira fábrica de chocolate de São Gabriel da Palha. “Hoje nós temos mil pés de cacau que produzem 40 sacas e boa parte é destinada para produção de chocolate de melhor qualidade para aumentar a renda da nossa família”, disse Cleomir Bissoli.  

O filho do casal e técnico agrícola William Grigoleto Bissoli destacou que a propriedade começou como um sonho para toda a família, desde a diversificação das culturas, até a construção da fábrica de chocolate. A atividade que exige cuidados detalhados e muitas técnicas, levou a família a buscar o auxílio do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). 

“Buscamos ajuda do Incaper de São Gabriel e Nova Venécia e também conhecimento na internet fazendo pesquisas e cursos para aprender como fazer o chocolate. Como técnico agrícola vi nisso uma oportunidade para meu futuro”, completou esperançoso. 

O projeto para construção da fábrica foi realizado pela extensionista do Incaper, Jozyellen Nunes, do Escritório Local de Desenvolvimento Rural (ELDR) de Nova Venécia, como afirmou a produtora Adelma Bissoli. “A produção de chocolate tem muitos detalhes, inclusive o de boas práticas, e, para colocar isso em prática, a gente buscou ajuda com a Jozy [Incaper] de Nova Venécia. Ela colaborou fazendo o projeto para construção e também com o curso de boas práticas, que tornou ainda mais possível, junto à vigilância sanitária, a regularização da nossa fábrica”, destacou. 

O auxílio técnico sobre o manejo da cultura do cacau, adubação e controle de pragas e doenças é realizado pelo técnico extensionista do Incaper, Célio Roberto Cuquetto, do ELDR de São Gabriel da Palha. “Mesmo diante desta situação que estamos vivendo, o Incaper vem atuando de forma remota, dentro das condições que podemos orientar a propriedade. Estamos sempre buscando e visando a sustentabilidade, focando na valorização da agricultura familiar. Em nome do escritório local de São Gabriel da Palha agradecemos por estarmos juntos desenvolvendo esse trabalho com essa família”, salientou.

Chocolates Faccinio é Bean to bar

Em tradução literal para o português, “From bean to bar” significa “Da amêndoa à barra”. O chocolate Bean to bar tem como característica a produção em que um único fabricante participa de todas as etapas da criação do chocolate, do cacau até as barras finais. É o caso dos Chocolates Faccinio, produzidos pela família Bissoli. Atualmente a marca conta com cinco linhas de chocolates, sendo elas: 80%, 70%, 60% e 40% de cacau além do chocolate branco ao leite. 

A extensionista do Incaper, Jozyellen Nunes, afirma que os poucos ingredientes selecionados para a fabricação do chocolate, sendo o cacau o principal, é o que confere grande sabor ao produto. “Não é porque eu ajudei na construção desse projeto, mas o chocolate é muito bom”, ressaltou.

Horizontes em Extensão

O HorizontES em Extensão foi lançado pelo Incaper no ano de 2019 visando àtroca de conhecimento e capacitação em processos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater). O projeto apresenta 11 experiências com relevância para o desenvolvimento rural do Espírito Santo, selecionadas pelos Centros Regionais de Desenvolvimento Rural (CRDRs).

Outro grande objetivo é o reconhecimento e valorização do trabalho realizado pelos extensionistas, técnicos e pesquisadores do Incaper, que tem grande importância no desenvolvimento das ações de sucesso junto aos agricultores. 

Neste ano, devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), o evento será on-line, com transmissão pelo canal do Incaper no YouTube ao longo dos meses de outubro e novembro.

Fonte: Incaper

Últimas notícias

Coops já podem enviar projetos para o PAA

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) liberou o sistema para recebimento dos projetos ...

Selo Arte para produtos de abelhas e derivados terá início em outubro

Podem receber o Selo produtos artesanais de abelhas Apis mellifera e de abelhas ...

Você conhece a Doença de Haff? Mapa monitora casos no Brasil

Orientação é que consumidor adquira pescado com selo de inspeção oficial O Ministério ...

Fórum Café e Clima apresenta condições da produção diante dos impactos climáticos

Como os cafezais estão reagindo diante do comportamento do clima, marcado por seca, ...

Bolsonaro veta projeto sobre medidas emergenciais de amparo à agricultura familiar

Foto: Veja O presidente Jair Bolsonaro vetou um projeto de lei sobre medidas ...