Deputados estaduais do Espírito Santo vão debater crimes no campo

A “Defesa do Combate aos Crimes em Áreas Rurais do Espírito Santo” é o tema da mais nova Frente Parlamentar da Assembleia Legislativa (Ales). O ato da Mesa Diretora 52/2021 autorizando a formação do colegiado foi publicado no Diário do Poder Legislativo (DPL) da última semana.

O requerimento para criação do grupo parlamentar partiu do deputado Capitão Assumção (Patri). “A segurança dos moradores e trabalhadores das zonas rurais precisa ser estudada e debatida com mais afinco por esta Casa de Leis a fim de avaliar as particularidades de cada região e enfrentar a atividade criminosa”, ressaltou na justificativa do documento.

Dentre os objetivos do novo colegiado está o de ser um canal de diálogo com os moradores e produtores rurais para ajudar a solucionar problemas vividos no campo. Os parlamentares querem debater o tema e levantar dados e informações capazes de direcionar as ações estaduais para o efetivo enfrentamento à criminalidade no campo.

Além de Assumção, assinaram o pedido de formação do grupo os deputados Carlos Von (Avante), Vandinho Leite (PSDB), Adilson Espindula (PTB), Sergio Majeski (PSB), Dr. Hudson Leal (Republicanos), Alexandre Xambinho (PL) e Marcelo Santos (Podemos). Também apoiaram a iniciativa os agora ex-deputados Delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos), atual prefeito de Vitória, e Enivaldo dos Anjos (PSD), prefeito de Barra de São Francisco.

Depois da instalação formal do colegiado será preciso eleger, entre os respectivos integrantes da frente, o presidente e o secretário-executivo. Após essa escolha os trabalhos podem começar efetivamente. Caso os parlamentares desejem, podem criar um Regimento Interno para o grupo e aprovar programas de ação e estratégias de atuação desde que respeitadas as normas legais da administração pública e regimentais da atividade legislativa.

FURTO DE ANIMAIS – Capitão Assumção também é o autor do Projeto de Lei (PL) 596/2020, que está tramitando na Casa e institui políticas de combate ao furto de animais e de outros tipos de delitos no interior capixaba. A ideia é coibir a criminalidade no campo e proteger a propriedade rural.

Texto: Gleyson Tete/Ales

Últimas notícias

Nova instrução normativa de bem-estar animal nas granjas brasileiras é tema de evento on-line

A nova instrução normativa (IN 113/2020) que visa as adequações de manejo e ...

Líbia prepara primeira exposição focada em cafés

Evento reunirá produtores, vendedores, representantes de marcas nacionais e regionais, além dos amantes ...

Jerônimo Monteiro realiza primeira Mostra de Café Especial

O município de Jerônimo Monteiro vai realizar a 1ª Mostra de Café Especial. ...

Tradição familiar no agronegócio em evidência na Praça do Papa

A tradição familiar marca o agronegócio capixaba, que, segundo dados do Governo do ...

Ação de fiscalização do Mapa apreende 173 mil litros de bebidas com indícios de fraude

Uma ação de fiscalização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) resultou ...