Dezenas de famílias estão há cinco dias sem energia em Domingos Martins e Marechal Floriano

Julio Huber

O temporal ocorrido na última semana na Região Serrana deixou reflexos até hoje (5) em localidades dos municípios de Domingos Martins e Marechal Floriano. Dezenas de famílias estão há cinco dias sem energia elétrica, o que tem trazido transtornos aos moradores. Muitos estão também sem água, já que dependem de eletricidade para bombear a água de poços artesianos até o reservatório.

O motivo da falta de energia é a destruição de muitos trechos da rede elétrica, já que a ventania derrubou centenas de árvores sobre os fios e postes. Equipes da EDP, empresa responsável pelo fornecimento de energia, foram reforçadas na região, mas ainda não foi possível concluir a manutenção em todas as localidades.

Em Domingos Martins, famílias do distrito de Santa Isabel estão revoltadas com a demora no retorno da energia. A moradora Geania Cordeiro contou que já não sabe mais o que fazer, pois a louça está acumulada e não é possível cozinhar direito, já que não há mais água para banho e nem para o consumo.

“Temos criança pequena em casa e estamos vivendo praticamente a pão e água. Temos que comprar nossa água porque sem energia, não conseguimos bombear para as caixas. Ninguém veio aqui perguntar se precisávamos de água de caminhão pipa. Estou indignada. Ninguém passou aqui para dar assistência. Somos seres humanos, não animais para viver dessa forma”, disse revoltada Geania.

“Aqui no nosso bairro tem muitas crianças pequenas e muitos idosos. Minha avó faz nebulização porque tem problemas de pulmão e depende da energia para isso. Meu filho passou mal e também precisou de nebulização, e eu tive que ir com ele na casa de uma amiga. Já falaram que nosso bairro vai ficar por último para a energia voltar, mas em outros lugares não têm tantas crianças e idosos como aqui”, relatou outra moradora.

Já em Alto Rio Fundo, em Marechal Floriano, a comunidade também está sem energia desde o temporal da última semana. A moradora Diana de Freitas contou que as famílias também estão sem água, porque depende de bombas elétricas para o abastecimento.

“Ligamos para a EDP, e ninguém explica, não sabemos nada certo. Precisei ir até a casa da minha irmã lavar minhas roupas e vasilhas. E todos os moradores estão com as mesmas dificuldades. Tem famílias com crianças pequenas e idosos, e a situação é ainda pior”, informou.

Estradas obstruídas e redes elétricas destruídas dificultam trabalho

Sobre a falta de energia em Santa Isabel, a assessoria de imprensa da EDP informou que uma equipe seria direcionada para o local na tarde de hoje. Em Marechal Floriano, equipes já estavam trabalhando na substituição de postes quebrados e cabos rompidos, devido a queda de árvores sobre a rede elétrica.

“Estamos com ocorrências pontuais e em área de difícil acesso, em estradas interrompidas com queda de árvores e barreiras. A região de Marechal Floriano e Domingos Martins foi a mais impactada com os temporais da última quarta-feira (31). Foram registrados muitos postes quebrados, cabos rompidos e transformadores avariados, devido a queda de árvores na rede. Em alguns locais, a EDP está precisando refazer trechos de toda a rede elétrica”, informou a assessoria da empresa.

Diante da dificuldade de acessar os locais onde ocorreram os problemas e também pela extensão dos problemas, a EDP afirmou que a energia está sendo restabelecida gradativamente e que a previsão era para o retorno da energia ainda hoje para os dois locais citados. Entretanto, até por volta de 21h30 de hoje, as regiões continuavam às escuras.

“As equipes trabalharão de dia, noite e madrugada para reconstruir as redes elétricas e enquanto todos os clientes não tiverem energia, as equipes não vão descansar. Amanhã esperamos que haja apenas alguns casos pontuais sem energia”, garantiu a assessoria da EDP.

Últimas notícias

Tema da Semana Internacional do Café 2021 é “retomar, reencontrar, reconectar”

Depois de uma edição 100% digital histórica em 2020, a Semana Internacional do ...

Especialistas irão falar sobre a onda de títulos verdes no Brasil

A nova onda de títulos verdes que se espalha pelo setor do agro ...

Programa de treinamento para mulheres em café é lançado no Espírito Santo

Começou, na última terça-feira (19), o primeiro curso do Programa de Treinamento em ...

Aberta consulta pública para melhorias dos requisitos de identidade e qualidade do presunto

As alterações propostas são aplicáveis ao presunto produzido em estabelecimento com SIF, buscam ...