Embrapa lança curso na Internet sobre cafeicultura no Cerrado

A Embrapa lançou em sua plataforma do e-Campo, na internet, o curso Cafeicultura no Cerrado. A capacitação com carga horária de 16 horas apresenta o panorama da cafeicultura no bioma Cerrado, com o objetivo de instruir os participantes nas melhores práticas para implantação e manejo do cafeeiro e na escolha das melhores cultivares disponíveis, de acordo com as microrregiões e as necessidades de produção.

O curso é oferecido na modalidade Ensino a Distância (EAD), assíncrono, com aulas ministradas por pesquisadores da Embrapa, da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e da Fronterra. Para o chefe da Embrapa Café, Antonio Fernando Guerra, esta é uma oportunidade para quem quer produzir café no Cerrado ou para produtores da região que queiram obter novos conhecimentos e renovar a lavoura. “Também vão aproveitar bastante os técnicos agrícolas e da extensão rural, além de estudantes das áreas afetas à produção agrícola. Os conteudistas são altamente qualificados, trazendo informações de ponta, e o melhor, sem nenhum custo para o interessado. ”

Anúncio

A Capacitação é dividida em quatro módulos, com vasto material em vídeo. No primeiro módulo o pesquisador da Epamig Gladyston Carvalho explica o panorama atual da Cafeicultura no Cerrado. No módulo II, o pesquisador Vinícius Andrade, da mesma instituição, apresenta as cultivares recomendadas para esse bioma e seus principais atributos. O pesquisador da Embrapa Café, André Dominghetti, fala de forma bastante didática no módulo III como deve ser feita a implantação e o manejo inicial da lavoura cafeeira. E o último módulo capacita o inscrito em relação às novas tecnologias disponíveis para cafeicultura no Cerrado. As novidades são apresentadas pelo pesquisador Adriano Delly Veiga da Embrapa Cerrados e conta com a participação especial do pesquisador Giovani Voltolini da Fronterra.

Anúncio

O Café no Cerrado – O Bioma Cerrado é responsável por produzir cerca de 18% do café brasileiro, com uma área total de 341.256 ha, de acordo com o 1º levantamento realizado pela Conab para a safra 2023. A região   do Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas Gerais é a mais representativa para a produção do Cerrado, com uma área total de 243.640 ha dedicados à cultura e com uma produção estimada em 6,2 milhões de sacas de 60 kg beneficiadas.

Serviço:

Curso Cafeicultura no Cerrado

Inscrições abertas e contínuas

Clique aqui para se inscrever ou acesse www.embrapa.br/e-campo/cafeicultura-no-cerrado

Fonte: Embrapa Café

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Nater Coop anuncia investimento de 8 milhões em novas estruturas de armazém de café no ES

Foto: Divulgação O volume de movimentação chegará a aproximadamente 75 mil sacas por ...

Agronegócio bate recorde de exportações em abril, com US$ 15,24 bilhões

O resultado correspondeu a 49,3% das exportações totais do Brasil Com valor recorde, ...

Sicoob inova experiência com cashback no Super App 

O Sicoob lançou a nova funcionalidade de cashback no Super App. Através do ...

Exportação de café em abril rende a maior receita da história registrada em um mês

Foto: Julio Huber O Brasil exportou 4,222 milhões de sacas de 60 kg ...

Socol pode se tornar patrimônio cultural no Espírito Santo

Foto: Gabriel Lordelo/Divulgação O socol, produto embutido exclusivo de Venda Nova do Imigrante, ...