Espírito Santo amplia o diferimento do ICMS para importações de farelo de soja

Resultado de mais uma demanda da Associação de Avicultores do Espírito Santo e da Associação de Suinocultores do Espírito Santo, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, assinou, na última sexta-feira (28), o decreto que autoriza o diferimento do ICMS nas importações do exterior de milho em grão e de farelo de soja para produtores capixabas. 

As alterações propostas pelo decreto abrangem as importações de milho em grão e farelo de soja que forem destinados exclusivamente à alimentação animal, inclusive como insumos para produção de ração. 

De acordo com o diretor executivo da AVES e ASES, Nélio Hand, essa medida teve sua necessidade verificada após a assinatura do decreto de diferimento na cobrança do ICMS nas importações de milho, realizada no dia 03 de julho, por meio de uma videoconferência. 

“Nós verificamos a necessidade de incluir o farelo de soja nessa demanda, muito por conta da situação de mercado que está se apresentando com altos preços e também com a possibilidade de escassez do produto no final do ano.  Nós fizemos esse pedido através da AVES a da ASES, e tivemos um grande apoio do deputado estadual, Adilson Espindula”, destacou Nélio. 

Com a autorização, os dois decretos possibilitarão que a avicultura e a suinocultura do Espírito Santo tenham mais alternativas em relação a aquisição de milho e de farelo de soja, não só do mercado interno, mas tendo liberdade para importar esses dois insumos de fora do país. 

“Importante esse entendimento que tem o governador e sua equipe, quanto a assegurar que setores importantes como os nossos possam ter alternativas de abastecimento e garantia de que possam produzir de forma competitiva”, ressalta diretor executivo das duas entidades

Ele também salienta que ambos os setores estão atentos às movimentações do mercado. “Os setores locais vêm acompanhando o mercado, se preparando e, no momento oportuno, buscarão alternativas de produtos internacionais, especialmente diante dos altos preços que estão sendo praticados e com o cenário de escassez que vem se configurando, especialmente com o farelo de soja”, encerrou.

Fonte: AVES/ASES

Últimas notícias

Projeto do ES é selecionado em concurso de soluções para restaurar a bacia do rio Doce

Cinco iniciativas de plantio sustentável com fins econômicos foram selecionadas em parceria realizada ...

ES integra operação nacional Mata Atlântica em Pé

O balanço da ação no Estado será apresentado no próximo dia 1º, em entrevista ...

Programa CNA Jovem tem 3.742 inscritos e seleciona 1.400 para oficinas digitais

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) apresentou o primeiro balanço das atividades ...

Conab: safra brasileira de café é a segunda maior da história

Em seu 3º Levantamento da Safra 2020 de café, a Companhia Nacional de ...

Primavera começa com transição entre estações seca e chuvosa

Com o gradativo aumento das chuvas em grande parte do país nesta época ...