Espírito Santo ganha 17 roteiros turísticos autoguiados

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/ES) já apresentou quatro dos 17 novos roteiros turísticos autoguiados para o Estado. As iniciativas foram desenvolvidas dentro do projeto “Rede Agentes”, do Sebrae Nacional, que inclui os agentes de roteiro turístico e cria essas redes visando a regionalização do turismo nos estados.

Para desenvolver o projeto, o Sebrae/ES mobilizou parceiros em oito regiões turísticas do Estado para a construção compartilhada de roteiros para cada região. “Cada novo roteiro é formado por atrativos e equipamentos turísticos, além de dar visibilidade ao território em ações promocionais direcionadas para atrair o público que tem interesse em conhecer o território para, a partir das sugestões oferecidas e disponibilizadas no entorno, ele venha a realizar suas próprias explorações”, explica o coordenador do projeto e analista do Sebrae/ES, Leandro Tononi.

Para cada região, foi realizado um trabalho de estruturação, formação e fortalecimento da Instância de Governança Regional (IGR), com a participação de lideranças empresariais, gestão pública e grupos representativos dos empresários de turismo. A IGR, junto com os gestores dos municípios e empreendedores locais, acompanhou a validação do roteiro e o pré-teste. A participação de funcionários das regionais do Sebrae/ES também foi fundamental para realização do projeto, assim como da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), parceira da ação.

Segundo Leandro, esses roteiros são construídos levando em consideração as características de cada território, com previsão de ganharem força à medida em que os diferentes atores participantes da construção desse projeto tenham interesse no desenvolvimento regional por meio do turismo e os divulguem. “Será um material público para ajudar o turista a organizar as suas viagens. E a tendência é de aumentar a permanência e de distribuir a demanda para outros empreendimentos”, disse.

E seguindo a tendência de turismo local, as viagens autoguiadas e o contato com a natureza, Leandro explica que o Sebrae/ES aposta na temporada de verão para apresentar esses novos roteiros, uma vez que nos últimos anos muitos capixabas optaram por realizar viagens mais próximas de suas residências, escolhendo por cidades vizinhas e conhecendo cada vez mais o Espírito Santo.

O PROJETO – O trabalho começou a ser desenvolvido, nacionalmente, há seis meses. No Espírito Santo, o Sebrae/ES contratou os serviços de consultores, especializados no setor, e que a partir da visita nessas regiões e em contato com as lideranças da região, secretarias municipais, IGR e empreendedores, fizeram um apanhado de empreendimentos que podem ser integrados em cada roteiro desenvolvido. Sendo que a condição para que o empreendimento participe dos roteiros é de que esteja pronto e funcionando, e com oferta independente de agendamento.

Quem estiver passeando por essas regiões terá acesso a um roteiro autoguiado, podendo escolher quais atrativos do roteiro quer visitar. “É uma sugestão, e acreditamos que ela contribui para que o viajante se sinta mais seguro para fazer o passeio e, a partir da primeira experiência, sinta-se mais à vontade para conhecer os outros percursos”, conta Leandro. Ele ainda explica que as sugestões oferecidas em cada roteiro atendem a diferentes perfis de turistas, incluindo casais, com ou sem filhos, e grupos de amigos.

A partir do lançamento de cada roteiro, o trajeto fica aberto para quem se interessar em conhecer as sugestões apresentadas para aquela região. O material trará pontos turísticos tradicionais, além de oferecer sugestões de empreendimentos, como locais de hospedagem, restaurantes, cafés, lanchonetes, lojas, cervejarias, artesanato, alambique, vinícolas, produtores locais, entre outros, sempre dialogando com o tema que o roteiro foi desenvolvido.

Para a Grande Vitória, por exemplo, foram oferecidas duas opções de trajeto no Roteiro Espírito Capixaba: Dos Vales ao Mar, das Igrejas ao Congar, e com um total de 14 atrações turísticas localizadas nas cidades de Fundão, Cariacica, Guarapari, Viana, Vitória, Serra, Vila Velha e Cariacica.

Já para a região do Caparaó foram apresentados mais dois roteiros: o do Norte Caparaó, com empreendimentos nos municípios de Iúna e Ibatiba, e o do Sul Caparaó, que inclui as cidades de Dores do Rio Preto, Divino de São Lourenço, Ibitirama, Alegre e Guaçuí. Para o ano de 2023 estão previstas ações de divulgação, qualificação e fortalecimento dos 17 roteiros.

Fonte: Sebrae/ES

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Fendt lança combo com trator versátil e versões menores de plantadeira dobrável

Fotos: Divulgação Novidade reúne versatilidade, eficiência operacional e alta precisão A Fendt é ...

Agricultores de Ecoporanga se regularizam para venda direta de produtos orgânicos

Um grupo de agricultores familiares do município de Ecoporanga foi contemplado com a ...

Capacitação para operação de secagem e armazenamento de grãos preza pela segurança dos trabalhadores no Oeste baiano

No Oeste da Bahia, região essencialmente agrícola, a crescente necessidade de instalação de ...

Exportação de gengibre mais que dobra em janeiro de 2024

O valor exportado com o gengibre capixaba no primeiro mês deste ano foi ...

Mecanização é o caminho para a produtividade na silvicultura

A mecanização veio trazer novos ventos de prosperidade para a silvicultura. Nos últimos ...