Estudantes de Domingos Martins criam projeto para divulgar empreendedores locais

Com o objetivo de dar visibilidade aos empreendedores de Perobas, em Domingos Martins, a equipe escolar e estudantes do 9º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Antônio Francisco Erlacher criaram o projeto “Agroconexões: o marketing ideal para o seu negócio”.

O projeto surgiu por meio do Programa Agrinho, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), que esse ano trouxe o tema: “Criando conexões: Fortalecendo o Agro”. O projeto da escola foi criado a partir da observação de alunos e professores sobre a necessidade de trabalhos para potencializar o agro local.

Anúncio

O trabalho consistiu na conexão da temática do Agrinho, com a da escola: “Sendo Autor da Própria História” e a do Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP – Marketing).

Anúncio

Após muito estudo e diálogos sobre como poderia ser feito o elo de fortalecimento para a melhoria dos lugares de vivência, os estudantes, juntamente com a professora de Língua Portuguesa Cleuzimária Rodrigues e com ajuda de toda a comunidade escolar, chegaram ao consenso de que deveriam elaborar um trabalho para potencializar os produtos e serviços da comunidade de Perobas e de toda a região, que muitas vezes são pouco divulgados.

Em seguida foi feita uma conversa para intitular a ação. Depois de muitas ideias, o nome “Agroconexões: o marketing ideal para o seu negócio” foi escolhido. Para potencializar o trabalho integrado, a equipe escolar organizou uma reunião com a comunidade de Perobas, pais e responsáveis, juntamente com os estudantes, para ampliação da ideia de como seria possível realizar conexões para potencializar o Agro.

Na ocasião, representantes do Sistema de Cooperativas Financeiras do Brasil (Sicoob), Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e da Cooperativa de Empreendedores Rurais de Domingos Martins (Coopra) foram convidados ao diálogo. Além dessa junção de contribuições, a diretora Mirvane Maria Huver, a pedagoga Izabel Barcelos e a professora Cleuzimária Rodrigues explicaram sobre o trabalho do “Agroconexões”.

Os estudantes, juntamente com a professora Cleuzimaria e o professor Kelvin Christ Alves, elaboraram a divulgação da proposta de realização e divulgação dos produtos e/ou serviços. Foi feito o levantamento (pesquisa de campo) dos pequenos e médios empreendimentos da região. Depois de feito isso, a proposta de divulgação foi enviada e teve grande adesão à proposta. A partir daí, foram elaborados os banners e os áudios nas vozes dos estudantes e professores, que somaram 42 áudios.

Posteriormente, o marketing foi realizado na região por meio da transmissão de áudios em carro de propaganda e os banners divulgados nas redes sociais.  Além disso, no dia 12 de agosto, a escola realizou a Feira do Empreendedor e foi feito também o marketing através dos produtos enviados pelos empreendedores e serviços oferecidos por eles.

Os visitantes da feira puderam conhecer os produtos e saber mais sobre os serviços. Essa ação aconteceu porque os estudantes explicaram sobre cada propaganda. Além disso, muitos dos produtores e proprietários dos empreendimentos estiveram presentes para prestigiarem o evento. A coordenadora municipal do Programa Agrinho, Diana de Souza Messias, e o consultor do Sebrae para a Educação Empreendedora, Denilton Cunha, colaboraram durante todo o planejamento e execução do trabalho.

“A feira do empreendedor é uma ação da escola, que está em sua 4ª edição. Dela participam todas as turmas atendidas pela escola, do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental. Considero esse, um momento muito especial e muito produtivo para a comunidade escolar. Desde o início dos preparativos, das ideias, dos estudos, na elaboração do plano de negócios até chegar o dia da feira, os estudantes, funcionários e famílias se envolvem no projeto”, disse a diretora Mirvane Maria Huwer.

Nesse processo, segundo ela, foram descobertos muitos talentos e lideranças, porque as pessoas se tornam protagonistas das ações e fizeram isso com satisfação, aproveitando cada momento de aprendizado. “Por esse motivo, conseguimos chegar ao final dele com êxito. A feira tem o objetivo principal de instigar ações empreendedoras nos estudantes, famílias e toda comunidade escolar. Também na formação humana, com cidadãos críticos, participativos e que respeitem a diversidade e sejam protagonistas de suas histórias, podendo buscar uma sociedade mais justa e igualitária”, enfatizou a diretora.

A professora Cleuzimária disse que ficou muito feliz com todo o trabalho que foi desenvolvido na escola. “Tenho certeza que foi super significativo, tanto para a comunidade de Perobas, quanto para as outras comunidades. Acredito que conseguimos atingir os nossos maiores objetivos, que foram por meios de diversas conexões, contribuirmos para levarmos conhecimentos e oportunidades com equidade para potencializar o agro e fazer a diferença na vida das pessoas”, afirmou.

Ela fez questão de agradecer a todos os empreendedores que acreditaram no trabalho. “Os estudantes estão de parabéns por tanta dedicação e participação significativa no decorrer de todo o trabalho. Consoante a Aristóteles, que ‘uma andorinha só não faz primavera’, realmente, ninguém promove nada e nem prospera sozinho. O trabalho de união da nossa escola com famílias, comunidades e parcerias foi essencial para o nosso sucesso. O convite ainda está valendo para quem desejar ter a propaganda para potencializar os produtos ou serviços”, destacou Cleuzimária.

Para ter divulgar as peças publicitárias, foi criado um perfil no Instagram (@agroconexoes.2023). Também é possível que empreendedores que não estejam contemplados no projeto, sejam inseridos. Basta entrar em contato com a escola ou por meio do envio de mensagem pelo Instagram. 

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Nater Coop anuncia investimento de 8 milhões em novas estruturas de armazém de café no ES

Foto: Divulgação O volume de movimentação chegará a aproximadamente 75 mil sacas por ...

Agronegócio bate recorde de exportações em abril, com US$ 15,24 bilhões

O resultado correspondeu a 49,3% das exportações totais do Brasil Com valor recorde, ...

Sicoob inova experiência com cashback no Super App 

O Sicoob lançou a nova funcionalidade de cashback no Super App. Através do ...

Exportação de café em abril rende a maior receita da história registrada em um mês

Foto: Julio Huber O Brasil exportou 4,222 milhões de sacas de 60 kg ...

Socol pode se tornar patrimônio cultural no Espírito Santo

Foto: Gabriel Lordelo/Divulgação O socol, produto embutido exclusivo de Venda Nova do Imigrante, ...