Exportações do agronegócio capixaba alcançam US$ 1,2 bilhão nos oito primeiros meses de 2023

O gengibre, que durante todo o ano passado foi o 6º principal produto da pauta de exportação, agora ocupa o 4º lugar no ranking de produtos

No acumulado deste ano, o valor da comercialização exterior do agronegócio capixaba alcançou a marca de US$ 1,2 bilhão de dólares no acumulado de 2023, valor 20,5% superior ao mesmo período do ano passado. Desde o período pré-pandemia, o Estado não alcançava a casa do bilhão nos oito primeiros meses do ano. O volume de exportação também aumentou em 18,5%, no total, mais de 1,6 milhões de toneladas de produtos capixabas foram embarcadas para o exterior.

As maiores variações positivas no valor comercializado foram para gengibre (+137,4%), café cru em grãos (+33,4%), café solúvel (+19,9%), celulose (+25,4%), chocolates e preparados com cacau (+3,8%) e carne bovina (+3,6%), que compensaram a queda da pimenta-do-reino (-19,5%) e do mamão (-21,9%). Os três principais produtos da pauta das exportações do agronegócio capixaba (celulose, complexo cafeeiro e pimenta-do-reino) representaram mais de 92,5% do valor total comercializado de janeiro a agosto deste ano.

Anúncio

O crescimento do volume comercializado foi devido às variações positivas do café cru em grãos (+67,9%), gengibre (+29,4%), celulose (+16,9%), pimenta-do-reino (+5%) e chocolates e preparados com cacau (+3,9%), que compensaram a queda da quantidade exportada de mamão (-35,6%), carne de frango (-53,7%), peixes (-30,7%) e álcool etílico (-22%).

Anúncio

No comportamento dos preços médios internacionais, houve queda para o café cru em grãos (-18,1%), pimenta-do-reino (-23,3%) e de peixes (-5,3%), e alta de preços para gengibre (+83,5%), mamão (+21,2%), celulose (+7,3%), carne de frango (+19%) e carne bovina (+2,1%). A variação de volumes e preços se refere à comparação dos dados acumulados de janeiro a agosto de 2023/2022.

“A comercialização internacional do agronegócio capixaba de janeiro a agosto deste ano trouxe bastante otimismo. Alcançamos um desempenho no acumulado do ano que não era alcançado desde 2011, o que nos faz estimar um montante de cerca de US$ 2 bilhões para 2023, tendo em vista que esperamos um crescimento ainda maior entre os meses de setembro e dezembro para vários produtos da nossa pauta de produtos comercializada em mais de 100 países”, afirma o secretário de Estado da Agricultura, Enio Bergoli.

O Espírito Santo foi o estado brasileiro maior exportador de pimenta-do-reino, mamão e gengibre, além de terceiro colocado na comercialização do complexo cafeeiro, envolvendo café cru em grãos, solúvel e torrado/moído.

“O acumulado do ano apresentou uma virada na composição do roll de produtos. O gengibre, que durante todo o ano passado foi o 6º principal produto da pauta de exportação e rendeu US$ 18,9 milhões de dólares naquele mesmo ano, agora ocupa o 4º lugar no ranking de produtos e já rendeu US$ 20,1 milhões de dólares somente nesses oito meses de 2023, tomando o protagonismo do mamão, que caiu nas exportações e agora ocupa o 5º lugar, com US$ 13 milhões de dólares”, complementa Bergoli.

A Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag), por meio da Gerência de Dados e Análises (GDN), realiza mensalmente um levantamento detalhado das exportações do agronegócio capixaba, a partir dos dados originais do Agrostat/Mapa e do Comexstat/MDIC.

Fonte: Seag

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Como plantar mais café em espaço reduzido?

O pesquisador do Incaper, Paulo Sérgio Volpi, destacou que o jardim clonal superadensado ...

Parceria estratégica do Sistema OCB busca fortalecer cadeia de lácteos

Foto: Reprodução / Sistema OCB Unidade nacional se reuniu com Conselho dos Exportadores ...

Exportações do agronegócio brasileiro atingem US$ 37,44 bilhões

Em comparação ao mesmo período de 2023, o aumento foi de quase 4,4% ...

Empresas apresentarão novidades na Fruit Attraction Brasil

Para impulsionar o legado da horticultura brasileira e o mercado de frutas e ...

Conab estima redução na safra brasileira de grãos

Foto: Freepik A sétima estimativa da safra de grãos 2023/2024, divulgada pela Companhia ...