ExpoSul 2024 terá sorvete de cerveja, iogurte de pimenta e velas com cheirinho de café

A vela de café é uma das novidades da ExpoSul 2024

Quem for ao Parque de Exposições de Cachoeiro de Itapemirim a partir desta quinta-feira (04) vai poder conhecer novos produtos e opções que fogem do tradicional oferecido no mercado. As variedades mostram a força das famílias do agro do Espírito Santo, e vão desde produtos para animais a sabores exóticos de sorvetes. Entre as novidades, estão o lançamento do “sorveja”, o sorvete de cerveja, e o oferecimento de drinks de chope.

Também será lançado os picolés gourmet de juçara, um fruto semelhante ao açaí proveniente da Mata Atlântica. Serão oferecidos, ainda, os já tradicionais picolés do fruto. A ExpoSul Rural 2024 é uma oportunidade para conhecer também uma linha inédita de produtos com aroma de café – perfumes, velas e aromatizantes – e o iogurte de pimenta com gengibre. A ExpoSul também vai ser a oportunidade para o lançamento de um produto inédito no estado que combate carrapatos, bernes, moscas e vermes intestinais.

Anúncio

Negócios, sustentabilidade, tecnologia e inovação

Começou nesta segunda (1º) e vai até o próximo domingo (7), o evento que reúne animais e máquinas, implementos e serviços agrícolas, agroindústria, artesanato, culinária e programação com as temáticas rural e ambiental para as crianças. Com o lema “Negócios, Sustentabilidade, Tecnologia e Inovação”, a previsão é que mais de 100 mil pessoas passem pelo local.

Anúncio

Os primeiros três dias serão exclusivos para o setor pecuário, com concursos leiteiros, provas de ranqueamento e outras atividades. Essa é a 5ª edição regular da ExpoSul, que neste ano terá cerca de 600 expositores (20% a mais que em 2023), entre produtores rurais, micro e pequenos empreendedores e instituições públicas e privadas. A expectativa é que o volume de negócios supere os R$ 40 milhões.

O evento tem o agro como principal eixo e agrega agroindústrias, agroturismo, máquinas e equipamentos, energia solar, soluções em irrigação, consultorias, cooperativas e bancos, oferecendo ao produtor rural todas as possibilidades de conhecimento, negócios e trocas de experiências. A ExpoSul Rural abre espaço também para micro e pequenos empreendedores dos setores de alimentação, diversão e artesanato. Palestras e minicursos vão acontecer em um auditório climatizado e na Arena aberta, que receberá também apresentações culturais.

A pecuária de leite será destaque, com exposições ranqueadas e concurso leiteiro. Haverá, também, exposições ranqueadas e não ranqueadas de gado de corte. As provas de cavalos vêm fortalecidas. O Circuito Equestre ExpoSul Rural terá provas de Laço Campista, Ranch Sorting e a especializada Mangalarga Marchador. Um Encontro Estadual de Muladeiros completa a programação. O evento também abre espaço para chefs de cozinha, com aulas-show que envolvem ingredientes capixabas, agroindústrias e a cultura do estado.

Os alimentos arrecadados na ExpoSul Rural 2024 serão doados a famílias vítimas das chuvas no sul do estado. Quem for de carro, doa 1 Kg de alimento. Os visitantes também poderão fazer doações voluntárias ao Banco de Alimento de Cachoeiro, que terá um posto de recebimento no evento.

Fazendinha com mini animais e broa com café grátis

Uma das atrações mais disputadas todos os anos é a Fazendinha, uma oportunidade para as crianças vivenciarem o meio rural e os adultos matarem a saudade do tempo de criança. As crianças e adolescentes vão poder interagir com mini animais – entre eles boi, jumento, cabrito, bezerro, coelho e pôneis – e também dar mamadeira a bezerrinhos recém-nascidos.

A Fazendinha reproduz, ainda, uma cozinha da roça, como a dos antigos avós, com fogão à lenha, onde o público vai poder degustar gratuitamente broa de milho e um café torrado, moído e passado na hora. Serão cerca de 30 animais, também com o circuito para cavalinhos e pôneis, e a previsão é que sejam servidos cerca de 13 mil cafezinhos e 10 mil pedaços de broa.

Serviço

  • ExpoSul Rural 2024
  • Data: de 04 a 07 de abril (quinta a domingo)
  • Horário: quinta e sexta-feira, das 13h às 21h30; sábado, das 10h às 22h; domingo das 10h às 16h
  • Local: Parque de Exposições “Carlos Caiado Barbosa” – Rod. Cachoeiro x Muqui, KM 01, Cachoeiro de Itapemirim
  • Entrada e estacionamento: 1 kg de alimento não perecível
  • Programação aberta ao público – 4 a 7 de abril (quinta a domingo)

Todos os dias

Exposições gado de leite e corte
Fazendinha
Trilha Ecológica
Espaço Kids
Espaço Mulher
Vila Gastronômica
Feira de Negócios
Feira de Flores
Feira de Máquinas e Equipamentos
Feira de Artesanato
Feira de Agroindústrias
Feira dos Municípios Sul Capixabas
Concursos leiteiros

Quinta-feira (4 de abril)

  • 6h – 1ª ordenha concurso leiteiro raça gir
  • 7h – 1ª ordenha concurso leiteiro livre
  • 10h – início dos julgamentos ranqueados raças gir e girolando – pista de julgamentos
  • 10h – início da Especializada Mangalarga Marchador
  • 13h – abertura dos portões ao público
  • 13h – Palestra: Manejo de pragas em olerícolas e culturas alimentares – José Salazar, D.Sc. em Entomologia, Pesquisador do Incaper – Arena
  • 13h – Licenciamento ambiental rural como ferramenta de desenvolvimento regional – Sindirural/Gabinete Dep. Bruno Resende – Auditório
  • 14h30 – 2º Encontro sobre Juventude Rural e Sucessão Familiar e lançamento da publicação “Juventude Rural e Sucessão Familiar” – Vera Martins, M.Sc. em Economia Doméstica Extensionista do Incaper – Arena
  • 15h – Apresentação do Programa de Regularização Ambiental (PRA) – Eduardo Chagas – Diretor Técnico do Idaf, Engenheiro Agrônomo e M.Sc em Ciências do Solo – Auditório
  • 17h – Solenidade de abertura – Arena
  • 17h – Palestra sobre Nutrição mínima para recuperação de pastagens degradadas – André Guarçoni, D.Sc. em Solos e Nutrição de Plantas, Pesquisador do Incaper – Auditório

Sexta-feira (5 de abril)

  • 9h30 – Reunião Sindicatos FAES – Auditório
  • 11h – Minicurso sobre a Cultura da acerola – Marlon Dutra Degli Esposti, D.Sc. em Fitotecnia, Pesquisador do Incaper – Auditório
  • 13h – abertura dos portões ao público
  • 13h – Reunião Cooperativas de Leite – organização RVA – Auditório
  • 13h – Roda de conversa – Mulheres do Café: igualdade de gênero e agregação de valor na cafeicultura capixaba – Patrícia Morais da Matta Campbell, D.Sc. em Solos e Nutrição de Plantas, Extensionista do Incaper – Sala Mulher
  • 15h – Seminário apresentação resultados ATeG Senar e resultados RVA qualidade do leite – Arena
  • 15h – Palestra Cochonilhas farinhentas em cafeeiro: biologia, danos e manejo – Renan Queiroz, D.Sc. em Entomologia, Pesquisador do Incaper – Auditório
  • 16h – Lançamento do livro “Café Sombreado: Uma abordagem multidisciplinar” – João Araújo, D.Sc. em Agronomia, Extensionista do Incaper – Auditório
  • 17h – Palestra Tecnologias para produção sustentável na cafeicultura – Fabiano Tristão, M.Sc. em Agronomia, Extensionista do Incaper – Auditório
  • 18h30 – Aula-show gastronomia – Chef Silvana /EFTUR – Arena
  • 20h – Dança Portuguesa de Belo Horizonte, Anchieta – Arena
  • 20h – Confraternização Selita (para convidados) – Tenda Exclusiva

Sábado (6 de abril)

  • 10h – abertura dos portões ao público
  • 10h – início das provas de Laço Campista
  • 10h – Inovação e conexão no Agro – Bruno Dupin – Arena
  • 10h – Reunião da comissão de cooperativismo da Ales – Coord. Gabinete Deputado Alan Ferreira – Auditório
  • 13h – Brucelose: Aspectos Clínicos, importância econômica e na Saúde pública – Alice Drummond, Médica – veterinária, Fiscal Estadual Agropecuário – Macllene Zeferino – Fiscal Estadual Agropecuário, Médica Veterinária – IDAF- Auditório
  • 13h – Almoço Senar (para convidados) – Tenda Exclusiva
  • 15h – Roda de conversa sobre Brucelose – Juliano Pereira Chaves, Fiscal Estadual Agropecuário – Médico Veterinário – IDAF – Auditório
  • 16h – Palestra Importância do leite e da carne para a alimentação humana – Arena
  • 17h – Encerramento e premiação das ranqueadas gir e girolando – pista de julgamentos
  • 19h – Dança Portuguesa e Folia de Reis de Conceição do Castelo – Arena
  • 20h – Pout-Pourri Cultural de Marataízes – Arena
  • 21h – Premiação e encerramento dos concursos leiteiros

Domingo (7 de abril)

  • 9h – Início das provas de Ranch Sorting
  • 10h – abertura dos portões ao público
  • 14h – Folia de Reis e Caxambu de Jerônimo Monteiro – Arena

Fonte: LR Comunicação

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Consumo de café solúvel cresce 5,3% no trimestre

Setor vem em expansão desde 2016; avanço reflete investimentos em qualidade, diversidade, formação ...

ES+Café irá promover imersão no universo da cafeicultura capixaba

A Feira ES+Café irá promover uma verdadeira imersão no universo da cafeicultura capixaba ...

Projeto entrega novas barracas a feirantes de Vitória

Foto: Marcos Salles Entrega das novas barracas das Feiras Livre Os feirantes que ...

Como plantar mais café em espaço reduzido?

O pesquisador do Incaper, Paulo Sérgio Volpi, destacou que o jardim clonal superadensado ...

Parceria estratégica do Sistema OCB busca fortalecer cadeia de lácteos

Foto: Reprodução / Sistema OCB Unidade nacional se reuniu com Conselho dos Exportadores ...