Faturando R$ 8,7 bilhões, cooperativas capixabas representam 5,5% do PIB estadual

Em 2021, as cooperativas faturaram juntas R$ 8,7 bilhões, 27% acima da cifra de 2020, que foi de R$ 6,6 bilhões

No último ano, as cooperativas capixabas registraram forte crescimento no número de cooperados e nos resultados financeiros e aumentaram sua participação no PIB estadual. Em 2021, as cooperativas faturaram juntas R$ 8,7 bilhões, 27% acima da cifra de 2020, que foi de R$ 6,6 bilhões em 2020. Com isso, as cooperativas passaram a representar 5,5% do PIB do Espírito Santo, contra 4,7% em 2020. Os dados são do Anuário do Cooperativismo Capixaba 2022, divulgado pelo Sistema OCB/ES e que traz dados do fechamento de 2021.

Um em cada quatro capixabas está ligado ao cooperativismo

O ano de 2021 foi de retomada e crescimento para as cooperativas capixabas. O faturamento delas teve, em 2021, um crescimento da ordem de 27%, alcançando R$ 8,4 bilhões, o equivalente a 5,5% do PIB nominal do Espírito Santo. Já o patrimônio líquido alcançou um valor total de R$ 5,6 bilhões, o que representa um crescimento de mais de 55% em relação ao registrado em 2020.

Anúncio

Apesar de o número de cooperativas ter permanecido o mesmo (119), o número de colaboradores das cooperativas saltou de 9.600 para 10 mil, e o número de cooperados chegou a 610 mil (+21,6%), um crescimento de 108 mil em um ano.

Anúncio

Com esses dados, a OCB/ES estimar que, em 2021, mais de 1,6 milhão de pessoas estavam envolvidas com o cooperativismo no Espírito Santo, número que é 4,4% superior ao registrado em 2020 e equivale a 39% da população total do estado.

“Um dado que mostra essa força é o número de cooperativas presentes no ranking do Anuário IEL 200 Maiores e Melhores Empresas, do Instituto Euvaldo Lodi (IEL). De acordo com a 25ª edição da publicação, relativa a 2021, das 200 maiores e melhores empresas listadas, 22 eram cooperativas, quatro a mais que em 2020”, comemora o Presidente do Sistema OCB/ES, Pedro Scarpi Melhorim.

Já o Diretor-executivo do Sistema OCB/ES, Carlos André dos Santos Oliveira, destaca que a diversidade é uma pauta que caminhou ao lado do crescimento das cooperativas, com ênfase para a participação de mulheres em cargos de liderança.

“Esta nova edição do Anuário do Cooperativismo Capixaba 2022 (com informações referentes ao período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2021) mostra que já estamos avançando em algumas pautas, especialmente as relacionadas ao fomento à diversidade. Em 2021, por exemplo, houve aumento de 5,2% na participação de mulheres com idade acima de 30 anos em cargos de direção e gerência nas cooperativas capixabas, representando 33% do quadro de dirigentes e gestores”, analisa.

Fonte: OCB/ES

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Feira de Agronegócios Cooabriel 2024 acontecerá em julho

O evento é considerado o maior do agro no estado do Espírito Santo ...

Café canéfora tem zoneamento de risco climático atualizado

Foto: Humberto Franco O Zarc delimita regiões e épocas de cultivo em classes ...

Senar-ES quer fortalecer o agro em Santa Leopoldina

Contribuir para um cenário de crescente desenvolvimento da produção sustentável no Espírito Santo ...

Ales vai promover sessão em homenagem às mulheres cooperativistas

Foto: Freepik Reunião acontece na próxima semana. Pauta foi proposta pela Comissão Permanente ...

Brasil produziu quase 900 mil toneladas de peixes de cultivo

A piscicultura venceu adversidades e cresceu 3,1% Em 2023 O Brasil produziu 887.029 ...