Federação da Agricultura solicita apoio a produtores rurais atingidos pelas chuvas no Espírito Santo

Foto: Helio Filho/Secom-ES

A Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes) pediu, ao governo estadual, a abertura de linhas de crédito especiais para o agronegócio e o adiamento dos compromissos firmados junto às instituições financeiras, principalmente nos municípios em que foi estabelecida a situação de emergência, conforme Decreto nº 501-S: Alegre, Alfredo Chaves, Apiacá, Atílio Vivacqua, Bom Jesus do Norte, Guaçuí, Jerônimo Monteiro, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Rio Novo do Sul, São José do Calçado e Vargem Alta.

Anúncio

Embora não há estimativa dos prejuízos, foram detectadas importantes perdas nas propriedades rurais, principalmente nas lavouras e rebanhos, causando a perda total do meio de sobrevivência dos proprietários. Na agricultura, houve o conhecimento do prejuízo da cobertura do solo, devido ao forte grau de degradação, sujeitando-o à erosão.

Anúncio

E dentre as cidades atingidas, se destacam suas contribuições no agronegócio capixaba conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística: Alegre: 4º maior produtor de leite; Alfredo Chaves: maior produtor de banana; Apiacá: 7º produtor de palmito; Jerônimo Monteiro: 2º maior produtor de laranja; Vargem Alta: 2º maior produtor de abacate e 2º maior rebanho suíno; Muniz Freire: o 2º maior produtor de batata inglesa, dentre outros. (Fonte: IBGE, 2022)

O presidente da Faes, Júlio Rocha, destacou a importância de uma linha de crédito especial e a prorrogação de dívidas para os produtores rurais atingidos. “Reforçamos a solicitação de recursos e medidas de apoio específicos a população rural, pois tivemos o conhecimento de muitos casos de perdas de lavouras inteiras que escorregaram como uma peça única, perdendo todo o solo agricultável, e isso dificilmente tem recuperação”, explica.

Rocha ainda reforçou o empenho e apoio do Sistema dedicado a ajudar as famílias rurais afetadas. “Estamos todos empenhados, juntos aos nossos Sindicatos Rurais de norte a sul do Espírito Santo, parceiros e colaboradores para atuar em tudo que estiver ao nosso alcance. Este é um momento de solidariedade, visando auxiliar na reconstrução das cidades, propriedades rurais e famílias que foram fortemente impactadas pelas chuvas”, afirma.

MOBILIZAÇÃO – A FAES, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar-ES) e Sindicatos Rurais, organizou um plano de ação com diversas etapas para ajudar os municípios impactados pelas chuvas intensas, como a mobilização para a arrecadação e envio de mantimentos e itens de necessidade básica, apoio aos técnicos e todos os moradores dessas cidades.

A superintendente do Senar-ES, Letícia Toniato Simões, ressalta que as ações planejadas pelo Sistema visam ajudar os produtores rurais do Sul capixaba. “É um momento muito triste para o Espírito Santo e nós nos solidarizamos com todas as famílias atingidas. Nossas ações vão desde doações para as famílias, até planos de curto, médio e longo prazo para auxiliar os produtores rurais que perderam suas lavouras”, afirma.

Como parte do plano, nas ações de médio e longo prazo, a Federação, através do Senar-ES, disponibilizará o Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) aos produtores rurais atingidos para contribuir com a reestruturação dessas propriedades. Para contribuir com ações em prol dos atingidos pelas chuvas, o Pix para doação é: CNPJ: 28.166.130/0001-18

Saiba como ajudar na montagem dos kits de socorro humanitário:

KIT HIGIENE

  • Sabonete em tablete
  • Escova dental infantil
  • Escova dental adulto
  • Pasta dental em creme adulto (embalagem de 90g)
  • Pasta dental em creme infantil (embalagem de 90 g)
  • Papel higiênico (pacote com 04 rolos)
  • Toalha de banho

KIT LIMPEZA

  • Água sanitária (frasco plástico de 05 litros)
  • Sabão em pó (embalagem de 5kg)
  • Balde em plástico (capacidade mínima de 20 L)
  • Vassoura em piaçava
  • Rodo simples com base plástica
  • Pano de chão
  • Escova para limpeza
  • Esponja de louça dupla face (pacote com 04 esponjas)
  • Sabão em barra multiuso (embalagem com 5 unidades de 200g)
  • Saco plástico para resíduos (capacidade para 100 L e 20 kg, na cor preta)

CESTA BÁSICA

  • Arroz branco (tipo 1, saco de 5 kg)
  • Fubá de milho (saco de 1 kg)
  • Açúcar (cristal branco; saco 2 kg)
  • Sal refinado iodado (saco de 1 kg)
  • Feijão preto (tipo 1, saco de 1 kg)
  • Macarrão (tipo espaguete, embalagem 500 g)
  • Farinha de mandioca (tipo branca, pacote de 1 kg)
  • Óleo de soja (refinado, embalagem de 900 ml)
  • Café (pacote de 500 g)
  • Biscoito (tipo cream cracker, pacote)

Confira os locais de arrecadação:

Sede do Sistema FAES SENAR-ES

  • Endereço: Av. Nossa Senhora da Penha, 1495, Torre A, P4 (Andar), Santa Lúcia, Vitória/ES.

Sindicato Rural de Cachoeiro de Itapemirim

  • Endereço: Rua Agripino Oliveira, 60, Independência, Cachoeiro de Itapemirim/ES, CEP: 29.306-450.

Fonte: Assessoria de Comunicação Faes / Senar-ES

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Campeonato Brasileiro de Blends de Café será realizado no São Paulo Coffee Festival

Foto: Freepik A Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC) realizará a etapa ...

Equipes coletam dados para nova pesquisa da Conab da safra brasileira de grãos

Foto: iStock Farmer handful of harvested corn kernels from the heap loaded into ...

Comidas típicas da festa junina contam com 36% de impostos no preço final

Foto: Julio Huber A chegada das festas juninas costuma ser motivo de alegria ...

Capixaba é eleito o melhor criador e expositor na Megaleite 2024 na categoria CCG 1/2 Hol + 1/2 Gir

Encerrada a 19ª edição da Megaleite no último sábado (15), a Associação Brasileira ...

Equipamento promete secagem de cafés especiais em menos de 24 horas

Tecnologia desenvolvida pela Dryeration, foi testada e aprovada por produtores da Alta Mogiana ...