Felino é atropelado e morre na BR-262

Foto: Thiago Souza de Oliveira

Julio Huber

Um felino macho foi encontrado morto, no final da madrugada de hoje (18), às margens do km 63 da BR-262, em Alto Santa Maria, Marechal Floriano. Quem fotografou o animal morto foi o motorista Thiago Souza de Oliveira. Ele contou que passava pelo local, pouco antes de 6 horas da manhã de hoje, quando avistou o felino.

“Inicialmente pensei que fosse uma jaguatirica, mais comum na região. Eu voltei o carro para mostrar para meus filhos e esposa, e percebi que parecia ser um filhote de onça-pintada”, destacou o motorista.

Segundo Thiago, trata-se de um macho, jovem e que estava com a mandíbula quebrada e ferimentos no peito. “Ele estava com muitos espinhos de ouriço na boca. Quando o encontrei, o corpo já estava duro, provavelmente foi atropelado na madrugada”, informou o motorista.

Thiago ainda destacou que parentes dele que moram na região relatam que onças-pintadas são vistas em propriedades locais. O sargento Vital, da Polícia Militar ambiental, informou que há frequentes relatos de moradores de municípios das montanhas sobre a presença de onças, em alguns casos, de ataques a animais domésticos.

“Não é possível afirmar, pelas fotos, que se trata de um filhote de onça-pintada. Não havíamos sido comunicados sobre a morte do animal. Mas, é comum moradores nos informarem sobre a presença de onças em suas propriedades. Esses animais não costumam se aproximar de locais urbanos ou de residências, mas a falta de comidas nas florestas podem fazer com que felinos ataquem animais domésticos”, destacou.

A veterinária Kristal Furno, que tem experiência com felinos, afirmou que não se trata de uma onça-pintada, mas de uma jaguatirica. Ela explicou a diferença entre os dois animais. “Dá para afirmar que o animal da foto é uma jaguatirica, pela anatomia do crânio, mesmo afetado pelo acidente, pela coloração e tamanho das pintas e pelo porte do animal. Além de que, no pescoço observamos a falta das pintas e há a presença de linhas pretas característica das jaguatiricas, e não das onças”, afirmou.

Mesmo não constando na lista de animais ameaçados de extinção no Brasil, Kristal informou que as jaguatiricas correm o risco de extinção na região, pois alguns são atropelados ou mortos por caçadores. Uma equipe da Polícia Militar Ambiental deveria passar pelo local, ainda hoje, para verificar se o corpo do felino ainda estava onde foi visto pelo motorista Thiago.

Últimas notícias

Pesquisadores elaboram dicionário das características sensoriais do chá-mate

Grupo avaliou amostras de chá de diferentes regiões do Brasil para definir 39 ...

Índia estabelece novas exigências para importação de 24 produtos vegetais

A exportação deve estar acompanhada por certificado oficial, atestando que os produtos não ...

Rota marítima pelo Pacífico pode reduzir custos de frete

Os agricultores que utilizam os portos do Arco Norte podem obter redução de ...

Região de Poços de Caldas investe em marca coletiva de café vulcânico

Poços de Caldas, no Sul de Minas, é destino de muitos turistas atraídos ...

Marco Legal das Startups é aprovado no Senado

Em 2021, a relação entre cooperativas e startups pode ser ainda mais estimulada ...