Festival Capixaba de Frutos do Mar agita Iriri até domingo (15)

Moqueca, camarão, lagosta ou outro tipo de gastronomia? Seja qual for sua preferência, você vai encontrar isso e muito mais no Festival Capixaba de Frutos do Mar, que começou na última quarta-feira (11) e segue até domingo (15), na Praça de Eventos, da Praia da Costa Azul, balneário de Iriri, localizado no município de Anchieta, litoral sul do Estado. A entrada é gratuita.

Ao todo, 18 empreendimentos vão participar do evento com um cardápio que vai da tradicional moqueca capixaba a uma lagosta gratinada. O Spaghetto vai levar fettuccine ao molho de catupiry com camarão no valor de 47,90; massa ao molho pesto de coentro com frutos do mar, R$ 54,90. A chef Suzy vai levar camarão Ki-delícia com geleia de pimenta, sendo 12 unidades, no valor de R$ 80,00. O Restaurante Cozinha do Pescador vai levar strognoff de camarão, acompanhado de arroz e batata palha ou babata frita, no valor de R$ 54,00. O Quiosque da Paula vai levar o prato da Paula, que acompanha arroz, feijão, dourado grelhado ou frito, purê de banana da terra e salada no valor de R$ 50,00.  No entanto, tem diversos tipos de pratos com valores que podem variar de R$ 8,00 a R$ 280,00.

Segundo a presidente da Associação Iriri Vivo, Sirlene Ferreira, que organiza o evento, o balneário de Iriri, está preparado para receber o público que gosta de uma bela praia e curte uma boa gastronomia regado a muita música. O evento foi pensado para toda a família, um espaço de diversão com música, gastronomia e empreendedorismo.

“O objetivo do nosso evento é fomentar o comércio local e contribuir com a economia da região, além de movimentar o turismo do balneário. O Festival Capixaba de Frutos do Mar, chega em sua 25ª edição, e vem para ser uma opção de lazer durante o Feriado de Nossa Senhora Aparecida, em Iriri. Temos tradição num evento que conquistou os capixabas e se tornou uma opção de passeio para quem vem para o balneário, e isso acaba movimentando toda cadeia produtiva de Iriri, desde os hotéis, até padarias, supermercados, restaurantes, sorveterias, enfim, todos são beneficiados com o público. É um evento para a família, então fica o convite para todos virem para Iriri curtir o feriadão e o Festival Capixaba de Frutos do mar”, convidou Sirlene Ferreira.

Nesta sexta-feira (13), o funcionamento será das 11h às 01h. No sábado (14), começa às 11h e segue funcionando até as 01h, Já no domingo (15), último dia de evento a abertura será às 11h e o encerramento às 17h.Todos os dias com apresentações musicais na praça de alimentação e muitos produtos dos empreendedores capixabas como artesanato, produtos da agroindústria e muito mais.

Para Andréa Braga, diretora de eventos da Associação Iriri Vivo, a expectativa para o Festival Capixaba de Frutos do mar é muito grande, pois Iriri se tornou o reduto dos capixabas e mineiros que são atraídos pelas belas praias, principalmente, quando se trata de um feriadão. “Estamos aguardando nossos visitantes de braços abertos”, disse.

De acordo com o diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo do Estado (Aderes), Alberto Farias Gavini Filho, os festivais realizados em Iriri têm proporcionado desenvolvimento para os empreendedores locais. “Oportunizamos espaços para que os empreendedores possam divulgar e vender seus produtos e esses eventos que contam com grande circulação de pessoas contribuem muito para isso”, pontuou Alberto Gavini.

Já Rafael Ferrari, da Ferrari Eventos, que também está na organização do evento, lembrou que esses eventos vão muito além dos empreendedores atendidos no espaço do festival. “Esses festivais movimentam toda cidade, sejam nos hotéis, sejam nas padarias, restaurantes, sorveterias, casas de temporadas, todos são beneficiados”, disse.

O Festival Capixaba de Frutos do Mar é uma realização da Associação Iriri Vivo, em parceria com a Ferrari Eventos, com o apoio da Prefeitura de Anchieta e do Governo do Espírito Santo, por meio da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes) e da Secretaria do Turismo (Setur).

Serviço:

25ª edição Festival Capixaba de Frutos do Mar de Iriri

Quando: até 15 de outubro

Praça de Eventos, da Praia da Costa Azul, balneário de Iriri. Entrada franca

Programação

Sexta-feira – (13 de outubro)

11h – Abertura do evento ao público

13h – Recital de dança

13h30 – Apresentação musical com Banda One in Two

19h –  Aula-show com Chef Hamilton Junior

19h – Apresentação do Grupo de Capoeira Princesa do Sul

20h30 – Apresentação musical com Banda Frequency

23h – Pele Morena

01h – Encerramento

Sábado – (14 de outubro)

11h –  Abertura do evento ao público

11h30 – Apresentação musical com Paulinho Bolzan

13h30 – apresentação do Grupo Folclórico Português “Os Brandarinos “

14h – Apresentação musical com a  Banda Flor de Kactus

19h –  Apresentação de balé de repertório “La Esmeralda ” com Isabelle Angeline

19h15 – Projeto Cultural Realizando Sonhos

19h30 –  Aula-show com o Chef Cristian Schayder

20h30 – Apresentação musical com a Banda Like a Boss

23h – Apresentação musical com o Grupo Projeto Feijoada

01h – Encerramento

Domingo – (15 de outubro)

11h – Abertura do evento ao público

11h – Apresentação musical com Wavilla

13h – Grupo de Dança Folclórica Italiana “Nonna Adélia”

13h30 – Eliana Sabino apresenta projeto “O Encanto da Loba”

17h – Encerramento

Fonte: Aderes

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Mecanização é o caminho para a produtividade na silvicultura

A mecanização veio trazer novos ventos de prosperidade para a silvicultura. Nos últimos ...

Últimos dias para inscrição de trabalhos científicos acadêmicos na Favesu 2024

Estudantes de graduação, pós-graduação, professores e pesquisadores nas áreas de frango de corte, ...

Prevenção contra a dengue deve ocorrer também em propriedades rurais

Foto: Freepik O Ministério da Saúde divulgou na última terça-feira (20) uma atualização ...

Pesquisador da Ufes revela benefícios dos manguezais para comunidades costeiras

Foto: Pablo Albarenga/National Geographic  Os manguezais são ecossistemas essenciais para as comunidades da ...

Estudo explica como um fungo pode controlar a principal praga que afeta o cultivo de milho

Fotos: Nathalie Maluta Pesquisa de bancada: canais e eletrodos do sistema de EPG, ...