Fim de semana com mar agitado no Sul e Sudeste

O fim de semana segue em alerta para mar muito agitado no litoral do Sul e do Sudeste. Há risco de ressaca em várias praias. Fique atento!

SUL – O mar já começou a subir no Rio Grande do Sul e, ao longo da tarde de ontem (03), sobe também em Santa Catarina e no Paraná. Neste sábado as ondas chegam a 3 metros, com picos de 3.5 metros, no litoral do Rio Grande do Sul e Florianópolis. Há risco de ressaca até este domingo (04) nestas áreas. No litoral norte de Santa Catarina e no litoral do Paraná, as ondas chegam a 2 metros.

No domingo, o mar permanece bastante agitado em toda a costa do Sul do Brasil, com ondas de até 3 metros em quase todas as praias. A partir da tarde a agitação marítima diminui entre Florianópolis/SC e Paraná, mas os ventos fortes de norte sobre o oceano mantêm o mar agitado o dia todo na costa do Rio Grande do Sul e sul de Santa Catarina. Ondas de até 3 metros ainda poderão ser observadas nestas áreas até a manhã de segunda-feira(05), diminuindo ao longo do dia.

SUDESTE – O mar começou a subir na noite deste sábado (03) em São Paulo, e neste domingo (04) no Rio de Janeiro. Ao longo do domingo, o mar continua subindo nestas localidades. As ondas podem chegar a 3 metros entre o litoral norte de SP e a região dos Lagos, e a 2,5m nas demais praias dos dois estados. Há risco de ressaca entre a Baixada Santista e a região dos Lagos. Em alto-mar, as ondas podem chegar a 4 metros. Há risco de ressaca de Santos até Cabo Frio/RJ.

Nesta segunda-feira (05), a agitação marítima diminui ao longo do dia. No litoral norte de São Paulo e no litoral do Rio de Janeiro, as ondas ainda chegam a 2,5 metros, baixando para 1,5-2 metros à noite. Nas demais praias de São Paulo, o dia começa com ondas de até 1,5m, baixando a partir da tarde para menos de 1metro.

Fonte: Climatempo

Últimas notícias

Mais de 50 soluções tecnológicas disponíveis para o agro em 2021

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio ...

Autorizada exportação de ovos in natura para Argentina e Chile

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) celebrou a dupla autorização de exportações ...

Clima impacta produção da safra verão/21 e especialista aponta como se proteger de mudanças climáticas

A irregularidade das precipitações nos meses de outubro e novembro marcou o início ...

Brasil exporta 11 milhões de sacas de café no primeiro trimestre de 2021

Volume embarcado apresenta evolução de 10,4% no ano civil e aponta para quebra ...

Exportação de solúvel cresce 9,2% na comparação com março de 2020

De acordo com levantamento mensal realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Café ...