Fluxo de turistas cresce durante a pandemia nas montanhas do Espírito Santo

O Apiário Florin fica em Domingos Martins, e o proprietário Arno destacou o aumento de procura

Proprietários de hotéis, pousadas, restaurantes e sítios de agroturismo da região de montanhas do Espírito Santo estão animados com o fluxo turístico dos últimos meses, considerado superior, por alguns empresários, ao de antes do início da pandemia da Covid-19.

Mesmo com o importante fluxo turístico, cinco dos nove municípios que integram a região de montanhas estão classificados como risco baixo, de acordo com o último Mapa de Risco Covid-19, divulgado semanalmente pelo governo estadual.

Presidente do Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau, o empresário Valdeir Nunes destaca que a previsão de que moradores do Espírito Santo e de estados vizinhos seriam o principal público das montanhas durante e pós-pandemia, se confirmou. No último mês de janeiro, a Casa do Turista, que é a sede do Convention e o principal ponto de informações turísticas da região, recebeu 11.324 visitantes de 19 Estados brasileiros e de países como Colômbia, Canadá, Alemanha, Estados Unidos da América e Paraguai.

“De maneira geral, as pessoas estão procurando mais por locais com muito verde, em meio à natureza e com muitas atrações. E temos tudo isso nas montanhas capixabas. Todos os estabelecimentos turísticos estão funcionando normalmente e seguindo todos os protocolos de prevenção à Covid-19”, destacou Nunes.

OCUPAÇÃO DE 95% – Valdeir Nunes, que também é diretor do Hotel Fazenda China Park, contou que a ocupação durante a semana, de setembro até os dias atuais, superou todos os períodos de anos anteriores. Segundo ele, em alguns momentos a ocupação chegou a 70% durante os dias de semana. Antes da pandemia, esse percentual não ultrapassava 30%.

No Hotel Fazenda China Park, a lotação aos fins de semana está chegando a 95%

“Aos finais de semana chegamos a 95% de ocupação. Acreditamos que após o Carnaval e com a volta às aulas, a ocupação média de hotéis e pousadas deve variar de 15% a 40% durante a semana, com maior ocupação naqueles que possuem atrações para as crianças. Aos fins de semana acreditamos em uma procura de 80% a 95%, já que com os filhos estudando, a alternativa será passeios principalmente aos finais de semana com a família”, acredita.

Diretor do Aroso Paço Hotel, de Pedra Azul, Gustavo Aroso afirmou que a demanda durante a semana aumentou cerca de 20%. “Aos finais de semana praticamente não tivemos baixa temporada. Normalmente sempre estivemos com boa ocupação. Mudamos alguns serviços para evitar aglomerações e estamos mantendo todos os protocolos sanitários”, contou.

Os cuidados exigidos pelas autoridades sanitárias são seguidos à risca no Aroso Paço Hotel

Aroso constatou, também, que muitos dos atuais clientes são aqueles que costumavam viajar para o exterior. “O público que mais temos recebido são pessoas de mais perto, como Grande Vitória e alguns mineiros. Esse é o perfil mais comum ultimamente”, enfatizou.

AGROTURISMO – O apicultor Arno Wieringa, do Apiário Florin, em Domingos Martins, que também é diretor da Associação Turística de Pedra Azul (ATPA), contou que o perfil dos visitantes mudou, e ele também garantiu que o fluxo é constante. “Aumentou a quantidade de clientes que procuram por um ambiente tranquilo, com qualidade de vida e que consomem produtos saudáveis. O destino de montanhas já é saudável por termos ar puro e espaços para relaxar, com contato próximo à natureza. E isso reflete positivamente para o turismo regional”, destacou.

Arno notou a presença de muitos clientes locais e que não conheciam os estabelecimentos como o dele. “Se por um lado, alguns deixaram de visitar a região, outros, que as vezes viajavam para outros locais, passaram a conhecer as montanhas. São turistas conscientes, que procuram mais informações sobre os produtos e que respeitam os protocolos sanitárias contra a propagação da Covid-19”, informou.

Últimas notícias

Cursos de tratorista e cultivo de cacau exclusivos para mulheres

Registro de ação do projeto “Mulheres do Cacau” com produtoras rurais As mulheres estão ...

Mapa destrói 58 mil garrafas de azeite de oliva fraudado

Foi a maior apreensão já realizada pelo Ministério da Agricultura no país desde ...

Campanha pretende estimula consumo do produto no país

Tema foi debatido durante reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Leite ...

Conab afirma que clima prejudica oferta de hortaliças e frutas no país

Quem procura preços baixos no atacado terá que aguardar mais um pouco até ...

Congresso Brasil-Alemanha de Inovação acolhe também o tema de sustentabilidade

Um dos eventos mais tradicionais do ecossistema brasileiro de inovação e o maior ...