Gramado é vitrine para produtos com riquezas únicas até domingo

Foto: Rafael Cavalli

O centro da cidade é palco para produtos com terroir, uma amostra do que é produzido no Brasil

Provocar conexões entre o trade turístico e a cadeia dos produtos com certificação geográfica. Essa é a proposta da 6ª edição do Connection Terroirs do Brasil, iniciada nesta quarta-feira (17), em Gramado, no Rio Grande do Sul.

Anúncio

Na noite de abertura oficial do evento, que segue até domingo, as seis fábricas de chocolates que fazem parte da Achoco receberam o selo de Indicação de Procedência, certificando a qualidade e a exclusividade da produção da iguaria. “Não foi uma tarefa fácil chegar até aqui, os chocolateiro passaram por longos critérios relacionados ao processo de qualidade, de pesquisas e acompanhamento e isso valeu a pena. As indústrias, além de produzirem o produto símbolo de Gramado, ainda correspondem cerca de 20% dos empregos do municípios”, destacou Maurício Brock, vice-presidente da Achoco e CEO do Chocolate Prawer.

Anúncio

As fábricas certificadas foram: Prawer Chocolates, Caracol Chocolates e Planalto do Grupo Florestal Alimentos, Chococia Indústria e Comércio de Chocolates Ltda, Chocolate Gramadense, Chocolate Lugano e Miroh Chocolates e Confeitaria Ltda.

Em 2022, o setor vitivinícola da Serra Gaúcha – o vale dos vinhedos, foi o primeiro a receber a certificação de Indicação Geográfica no Rio Grande do Sul (RS). Após 20 anos, o Estado já possui 102 indicações, reconhecidas pelo INPI no Brasil. “O Sebrae RS está muito identificado com o turismo, a pequena empresa é totalmente orientada a essa pauta, os destinos, a capacitação e qualificação são pautas que nós não podemos abrir mão de trabalhar junto com o poder público e com empreendedores. E esse evento traz o acolher de novos produtos e novas ideias”, enfatizou Ayrton Pinto Ramos, diretor técnico do Sebrae RS.

As 27 indicações geográficas presentes no evento foram homenageadas e receberam um troféu confeccionado pelo artesão de Gramado, Rogério Machado da Silva. A homenagem reconhece o papel das indicações geográficas brasileiras na valorização dos territórios e na preservação do saber fazer.

Até domingo (21), o centro de Gramado está voltado ao tema terroirs com exposição e degustação de mais de 30 produtos especiais e únicos certificados com Indicação Geográfica e representantes dos seis biomas brasileiros – Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal. Na Arena Origem Brasil, de quinta a domingo no período da tarde, profissionais da gastronomia vão preparar pratos especiais com produtos com denominação de origem, o local é na Rua Coberta. 

Nesta sexta-feira (19), na Sociedade Recreio Gramadense acontece a primeira rodada de negócios entre trade turístico e regiões com indicação geográfica, uma oportunidade para valorização e do trabalho peculiar de produtores rurais. Representando o Governo do Rio Grande do Sul, o secretário adjunto de Turismo do Estado, Luiz Fernando Rodrigues, destacou a importância do governo fazer parte do evento. “Quando se fala em aromas e sabores, a sensação de cada produto, o turismo nos apresenta muitas possibilidades, o evento vem ao encontro daquilo que a secretaria busca, compreender para onde deve ir o segmento e cada região”, frisou.

O evento, realizado pela Rossi & Zorzanello, tem a grande parceria nesta edição do Sebrae RS, que desenvolve o trabalho de incentivo e desenvolvimento aos pequenos empreendedores. “Nós nos propusemos a esse novo desafio, o de transformar Gramado em uma importante mostra de nosso Brasil de riquezas únicas, cuja diversidade gera produtos incríveis de norte a sul do país, que entregam valor e alta qualidade, com identidade e características especiais”, destacou Marta Rossi, fundadora e CEO da empresa.

O Rio Grande do Sul é o Estado anfitrião do evento que conta com patrocínio da Prefeitura de Gramado, apoio da Sicredi Pioneira, da Achoco e Fecomércio, apoio das entidades Famurs, AbavRS e AbavSC, Laghetto Hotéis é a rede hoteleira oficial e a Adyltelecon é a internet oficial do evento. Mais informações no site connectionexperience.com.br ou nas redes sociais @connection_experience.

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Estudo procura ferramentas para ajudar cafeicultores do ES no combate à ferrugem

Foto: Acervo da Pesquisa Uma pesquisa da Ufes está criando um sistema para ...

Dois novos cursos de doutorado aprovados na Ufes em Alegre e Maruípe

A Capes aprovou dois novos cursos de doutorado na Ufes, um em Nutrição ...

Exportações do agro do Espírito Santo crescem 83% no primeiro semestre de 2024

Foto: Freepik Nos primeiros cinco meses de 2024, o agronegócio do Espírito Santo ...

Casos suspeitos de doença de Newcastle na zona de proteção são descartados no Rio Grande do Sul

Foto: Freepik Três casos suspeitos de doença de Newcastle (DNC) foram descartados após ...

Feira de Agronegócios Cooabriel tem projeção milionária de negócios

Foto: Cooabriel A Feira de Agronegócios da Cooabriel, realizada pela cooperativa e considerada ...