História do cooperativismo cafeeiro capixaba é destaque na biblioteca do Incaper

A biblioteca do Incaper serviu como base para revisões bibliográficas, fontes de dados e outras informações fundamentais sobre o cooperativismo no setor cafeeiro

Uma obra pioneira para a agricultura: resultados do primeiro estudo sobre cooperativismo na história do Estado do Espírito Santo, nas décadas de 1950 a 1970, estão em uma tese disponível na Biblioteca Rui Tendinha, do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

O conteúdo é de autoria do engenheiro agrônomo e doutor pelo Programa em História Social das Relações Políticas da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Roberto Amadeu Fassarella, que para embasar o material buscou o apoio de revisões bibliográficas, fontes de dados e informações que se encontram em instituições públicas no Espírito Santo, entre elas, a biblioteca do Incaper.

Outra novidade é que a tese resultou no livro intitulado “Cooperativismo no Setor Cafeeiro no Estado do Espírito Santo, 1950-1970”, editado pela Dialética, em formato e-book. “Para chegar até aqui, tive acesso a documentos históricos valiosíssimos sobre políticas e atuação da antiga Acares, o Incaper e, desta forma, pude compreender em detalhes o cooperativismo agrário capixaba”, lembrou Fassarella.

Tanto na tese quanto no livro, o leitor pode contar com assuntos importantes, como o conceito de cooperação e cooperativismo, e o surgimento desses conceitos na história do Continente Europeu, Americano, no Brasil e no Espírito Santo, desde o início do século 20. O conteúdo traz também a história da cafeicultura capixaba, incluindo as crises vivenciadas pelo mercado cafeeiro nacional e do Espírito Santo.

Além disso, o leitor poderá conhecer detalhes de uma pesquisa sobre os movimentos cooperativistas no setor de café entre as décadas estudadas pelo pesquisador, além do enfoque sobre o movimento cooperativista na cafeicultura nos municípios capixabas e, especificamente, no que deu origem à Cooperativa de Cafeicultores de São Gabriel da Palha (Cooabriel).

Roberto Fassarella ressaltou que entrevistas também foram fundamentais para a pesquisa. Entre elas, a com o ex-presidente da antiga Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Espírito Santo (Emater) e referência para o cooperativismo agrário capixaba no final das décadas de 1960 e 1970, o engenheiro agrônomo Adilon Vargas de Souza.

“Por meio das nossas publicações, o Incaper mantém os seus esforços em prol do acesso à informação, a fim de levar conhecimento para o campo e à sociedade civil. A nossa premissa é deixar esse legado ao longo das décadas, de maneira acessível e atualizada”, destacou a pesquisadora e gerente de Transferência de Tecnologia e Conhecimento do Incaper, Vanessa Borges.

Fonte: Incaper

Últimas notícias

Lançamento da Ruraltures será nesta quinta-feira (07) em Venda Nova do Imigrante

Foto: Gabriel Lordello/Mosaico Imagem O Montanhas Capixabas Convention & Visitors Bureau promoverá, amanhã ...

Sistema Cantareira opera em estado de alerta

Os últimos dias acenderam um alerta para o nível dos reservatórios que abastecem ...

Jovens agricultores participam de curso sobre formação de lideranças

Um dos pilares da Coordenadora Latino-americana e do Caribe de Pequenos Produtores e ...

Revista Negócio Rural vence prêmio de jornalismo de Pernambuco

O cooperativismo conecta pessoas e também histórias. Que similaridade poderia haver entre as ...

Serenata Italiana será no próximo sábado (09) em Venda Nova do Imigrante

Relembrar os costumes dos primeiros imigrantes italianos que chegaram em Venda Nova do ...