II Congresso Mundial de ILPF recebe inscrições e trabalhos científicos

A expectativa da organização do II Congresso Mundial sobre Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta – ILPF – (World Congress on Integrated Crop-Livestock-Forestry Systems) (II WCCLF) é de receber cerca de 1.000 inscrições até o dia 4 de maio, quando começa o evento a ser realizado de forma totalmente virtual durante os dias 4 e 5 de maio. 

Os inscritos poderão submeter trabalhos científicos até o final deste mês, dia 30 de março e devem estar relacionados a 10 temas entre eles, emissões de gases de efeito estufa e sequestro de carbono, transferência de tecnologia para sistemas integrados; aspectos econômicos e sociais e agricultura familiar. 

“Serão aceitos até dois trabalhos por inscrição. Deverão ser escritos somente em inglês, ter no mínimo duas páginas e no máximo seis páginas, com até duas figuras e/ou tabelas”, informa Lucimara Chiari, pesquisadora da Embrapa Gado de Corte e secretária executiva da Comissão Organizadora. A pesquisadora também avisa que “o resumo aprovado terá o pôster exposto na área restrita da plataforma digital do evento, e será publicado nos anais do II WCCLF”. As normas de submissão de trabalhos podem ser conhecidas com mais detalhes clicando aqui.

VALORES – As inscrições estão chegando de toda parte do Brasil e do exterior, disse Chiari. “Estamos acompanhando com grande entusiasmo acreditando que atingiremos um público maior que do I Congresso, quando recebemos cerca de 600 participantes”. Estão se inscrevendo professores, pesquisadores, estudantes, produtores rurais, técnicos agropecuários e profissionais da indústria na área de insumos e máquinas agrícolas.  As inscrições poderão ser feitas até o dia 4 de maio no site oficial do Congresso (II WCCLF) pelo endereço: https://www.wcclf2021.com.br/inscricao 

O valor para profissionais é de 150 reais e estudantes pagam somente 75 reais. E tem promoção: a cada 10 inscrições pagas em grupo, a 11ª da mesma categoria, será cortesia. Estudantes inscritos receberão certificado de participação. Mais detalhes no endereço: [email protected]. Os inscritos no II Congresso terão direito a participar de toda programação científica que inclui a apresentação de palestras, debates e trabalhos científicos de forma digital com acesso por meio de login e senha a ser enviada pelo e-mail cadastrado no ato da inscrição. 

O futuro da produção sustentável no Brasil e no mundo

“O II Congresso Mundial de ILPF é o maior e mais estratégico encontro de especialistas, profissionais, estudantes, produtores e inovadores de diversos segmentos das cadeias de sistemas integrados. É a oportunidade de conhecer o estado da arte da ILPF e refletir sobre o futuro da produção sustentável de alimentos, fibras e bioenergia para o mundo”, a manifestação é do presidente da Comissão Organizadora do II WCCLF, Cléber Oliveira Soares, pesquisador da Embrapa/MAPA.

O evento contará com painéis temáticos e 30 palestras que serão proferidas por cientistas brasileiros, estrangeiros e produtores rurais. A programação inclui debates além de apresentação de trabalhos de forma digital. A palestra de abertura do Congresso será do presidente Celso Moretti, da Embrapa que abordará: “Desafios para o futuro da ILPF no Brasil” e em seguida a apresentação internacional do professor Rattan Lal, da Universidade do Estado americano de Ohio, intitulada: “ILPF e agricultura sustentável no mundo”. A programação completa das palestras pode ser conhecida aqui .

VANTAGENS – A ILPF é um sistema de produção que integra três atividades diferentes: a agrícola, a pecuária e a florestal em uma mesma área. Os trabalhos podem ser conduzidos em consórcio, rotação ou sucessão, desde que sejam interativos e gerem benefícios para o sistema. A sua adoção pode acontecer por pequenos, médios e grandes produtores e em todos os biomas brasileiros.

As principais vantagens da ILPF incluem o aumento da produção de carne, leite, grãos e madeira; conserva o solo melhorando sua qualidade; promove maior estabilidade econômica, a sustentabilidade na produção e o bem-estar dos animais; aumenta a renda líquida do agronegócio; recupera áreas degradadas e outras duas grandes vantagens: mitigam as emissões de gases que causam o efeito estufa e reduzem a pressão pela abertura de novas áreas de pasto. 

A adesão da ILPF por agricultores e pecuaristas tem aumentado consideravelmente nos últimos anos. A busca é por solucionar a degradação de pastagens, reduzir impactos ambientais e aumentar a rentabilidade por hectare. É uma preocupação mundial manter produtiva as áreas agricultáveis e por esse motivo realizar mais um Congresso internacional se torna oportuno, importante e  necessário. 

O II Congresso Mundial de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta é uma realização do Mapa, Embrapa, Rede ILPF, Famasul, Semagro e governo do Estado de MS. O evento conta com apoio da Fundação de Turismo de MS (Fundtur), Fundação de apoio à pesquisa Agropecuária e Ambiental (Fundapam),  Fundação MS, Fundação Universidade Federal de MS (UFMS) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).


Informações gerais sobre o evento podem ser conhecidas clicando aqui 

Fonte: Embrapa

Últimas notícias

Evento discute o futuro da produção de alimentos e do agronegócio no país até 2050

“Agronegócio, pesquisa e inovação no Brasil – caminhos para o futuro da produção ...

Perspectivas do mercado de grãos no Espírito Santo serão debatidas na próxima semana

Iniciando o calendário de capacitações e qualificações para seus parceiros e associados em ...

Sistemas de recirculação de água podem ser usados para produzir peixes em nível comercial

Foto: PqC. Eduardo Medeiros Pesquisas realizadas pelo Instituto de Pesca (IP-APTA), da Secretaria ...

Fungo inédito no inhame e na samambaia é descoberto por pesquisadores

Um novo fungo que acomete o inhame e a samambaia preta foi encontrado, pela primeira ...

Como os insetos dão pistas aos peritos na cena do crime

Embora a visão de larvas em um cadáver não seja agradável, elas podem ...