Incaper divulga previsão do tempo para o Carnaval

Foto: Divulgação/Incaper

As análises feitas pela equipe da Coordenação de Meteorologia do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), mostram que pode chover em alguns pontos do Espírito Santo, durante os dias de folia, mas as temperaturas seguem altas.

Na sexta-feira (17), o ar seco associado a um sistema de alta pressão atmosférica dificulta a formação de nuvens no Estado até o fim da manhã. A partir da tarde, previsão de pancadas de chuvas com trovoadas em trechos das regiões sul e serrana afastadas do litoral. Não há expectativa de chuva nas demais regiões capixabas, inclusive na Grande Vitória, e as temperaturas seguem elevadas.

No sábado (18), o sol deve predominar no Espírito Santo. No entanto, a presença da umidade trazida pelos ventos costeiros provoca chuva esparsa em alguns trechos, exceto entre a Grande Vitória e o litoral sul, onde se concentra boa parte dos turistas, a exemplo de Guarapari, Piúma, Itapemirim e Marataízes.

No domingo (19), há previsão de chuvas rápidas no começo do dia pelo norte do Estado, parte da região serrana e também na Grande Vitória, mas o tempo deve ficar aberto nos demais horários. Ou seja, o tempo segue quente para os foliões que optarem pelas praias de Aracruz, Linhares, São Mateus e Conceição da Barra, no litoral norte, além das praias da Grande Vitória. O sol predomina nas demais áreas, mas há uma pequena chance de chuvas esparsas.

O coordenador de Meteorologia do Incaper, Hugo Ely dos Anjos Ramos, lembrou que, para quem deseja aproveitar o Carnaval e o calor curtindo as praias capixabas, é bom estar atento ao vento também. “Ele deverá soprar com velocidade moderada nas praias do litoral norte. Já nas praias do litoral sul e da Grande Vitória, vai acelerar um pouco mais, podendo ocorrer rajadas em alguns momentos”.

E para o período do Carnaval oficial, o que se pode esperar?

De acordo com avaliações preliminares feitas pela equipe da Coordenação de Meteorologia do Incaper, na segunda-feira (20), a umidade marítima provoca chuva passageira entre a Grande Vitória, no leste da região serrana e por todo o norte capixaba. O sol deve predominar ao longo do dia no Estado, mas ainda pode ocorrer chuva rápida em pontos isolados nas cidades afastadas do litoral.

Também haverá a possibilidade de chuva rápida na madrugada e manhã da terça-feira de Carnaval (21), na Grande Vitória e no litoral norte, mas o tempo segue aberto nos demais horários e nas demais áreas não há expectativa de chuva.

Na Quarta-feira de Cinzas (22), o tempo será de poucas nuvens e calor em todo o Espírito Santo, sem expectativa de chuva.

A equipe de meteorologia do Incaper também destacou que o calor deve permanecer no Espírito Santo nos próximos dias, o que deve resultar em um aumento do fluxo de pessoas em direção as cidades e balneários próximos ao litoral.

Por esse motivo, a equipe reforça a importância de redobrar os cuidados da população, tanto do campo quanto da cidade, com relação à hidratação e à proteção da pele contra a radiação prejudicial à saúde.  

Para saber mais informações atualizadas da previsão do tempo para os dias de Carnaval, acesse: https://meteorologia.incaper.es.gov.br/

Fonte: Incaper

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Agricultores de Ecoporanga se regularizam para venda direta de produtos orgânicos

Um grupo de agricultores familiares do município de Ecoporanga foi contemplado com a ...

Capacitação para operação de secagem e armazenamento de grãos preza pela segurança dos trabalhadores no Oeste baiano

No Oeste da Bahia, região essencialmente agrícola, a crescente necessidade de instalação de ...

Exportação de gengibre mais que dobra em janeiro de 2024

O valor exportado com o gengibre capixaba no primeiro mês deste ano foi ...

Mecanização é o caminho para a produtividade na silvicultura

A mecanização veio trazer novos ventos de prosperidade para a silvicultura. Nos últimos ...

Últimos dias para inscrição de trabalhos científicos acadêmicos na Favesu 2024

Estudantes de graduação, pós-graduação, professores e pesquisadores nas áreas de frango de corte, ...