Inscrições abertas para Simpósio sobre Sistemas Agroflorestais com Cacaueiro

Foto: Pixabay

Evento ocorrerá nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro de 2022, de forma presencial, no município de Ilhéus (BA)

As inscrições para participar do Simpósio sobre Sistemas Agroflorestais com Cacaueiro – SSAF-Cacau estão abertas. O evento  será realizado em Ilhéus, na Bahia, entre os dias 30 de novembro e 1° de dezembro de 2022, de forma presencial. O SSAF-Cacau é realizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), por meio da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), e a Cooperação Brasil-Alemanha para o desenvolvimento sustentável (GIZ).

Anúncio

O objetivo desse Simpósio é promover a troca de experiências e conhecimentos sobre os aspectos tecnológicos e de sustentabilidade (econômica, social e ambiental) de sistemas agroflorestais com cacaueiro, como modelo de agricultura sustentável recomendado para esse cultivo.

Anúncio

Com entrada gratuita, 200 participantes, entre produtores, pesquisadores, professores das ciências agrárias e ambientais, profissionais ligados a todos os segmentos da cadeia produtiva do cacau e alunos de pós-graduação poderão inscrever-se no site oficial do evento. O Simpósio também será transmitido ao vivo na data. 

A realização desse evento conta com a participação de vários parceiros: Sociedade Brasileira de Sistemas Agroflorestais – SBSAF, Associação das Indústrias Processadoras de Cacau – AIPC, Centro de Inovação do Cacau – CIC, Cocoa Action Brasil, Embrapa, UFSB (Universidade Federal do Sul da Bahia) e UESC (Universidade Estadual de Santa Cruz), além de renomados palestrantes especialistas no assunto de diversas instituições colaboradoras.

Sistemas Agroflorestais

Os Sistemas Agroflorestais (SAF) são modelos de uso da terra onde plantas perenes, semi-perenes ou anuais são adequadamente arranjadas em sequências ou modelos espaciais específicos de acordo com seus requerimentos, de forma a utilizarem, de forma equilibrada, os recursos naturais disponíveis em determinado ambiente.

Além disso, a utilização da SAF contribui para reverter a degradação do solo, elevar a sua fertilidade e retenção de umidade, aumentar o sequestro de carbono e outros serviços ambientais, garantindo a diversificação de produtos economicamente capazes de gerar emprego e renda, portanto, gera benefícios econômicos, sociais e ecológicos.

No caso do cacau, além do tradicional SAF cabruca, predominante nos estados da Bahia e do Espírito Santo, onde o cacaueiro foi plantado sob árvores da Mata Atlântica, em todas as regiões produtoras, observa-se arranjos a inclusão de cultivos perenes, como a seringueira, açaí, coco, pupunha, ou com espécies florestais madeiráveis. Esses sistemas, além dos benefícios ecossistêmicos, diversificam as atividades econômicas dentro da propriedade, de forma a aumentar a lucratividade por unidade de área e minimizar os riscos de perda de renda devido a eventos climáticos fortuitos ou condições adversas de mercado.


Serviço

Simpósio sobre Sistemas Agroflorestais com Cacaueiro

Data: 30 de novembro a 1º de dezembro

Local: Auditório da Ceplac, na sede da Coordenadoria Regional Pesquisa e Inovação, localizada no km 22 da Rodovia Ilhéus- Itabuna

Inscrições para 200 vagas até 20 de novembro ou até as vagas encerrarem

>> Inscrições aqui

Fonte: Mapa

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Feira de Agronegócios Cooabriel 2024 acontecerá em julho

O evento é considerado o maior do agro no estado do Espírito Santo ...

Café canéfora tem zoneamento de risco climático atualizado

Foto: Humberto Franco O Zarc delimita regiões e épocas de cultivo em classes ...

Senar-ES quer fortalecer o agro em Santa Leopoldina

Contribuir para um cenário de crescente desenvolvimento da produção sustentável no Espírito Santo ...

Ales vai promover sessão em homenagem às mulheres cooperativistas

Foto: Freepik Reunião acontece na próxima semana. Pauta foi proposta pela Comissão Permanente ...

Brasil produziu quase 900 mil toneladas de peixes de cultivo

A piscicultura venceu adversidades e cresceu 3,1% Em 2023 O Brasil produziu 887.029 ...