Junho irá começar com as temperaturas mais baixas do ano no Brasil

Após a passagem de uma frente fria neste fim de semana, uma nova massa de ar polar ainda mais intensa vai chegar ao Sul do Brasil. Essa promete ser a mais intensa de 2021, até o momento, de acordo com o Climatempo.

A massa de ar polar começa a entrar no Rio Grande do Sul no sábado (29), e já provoca queda de temperatura. Porém, é a partir de domingo que o frio deve ser mais intenso, pois o centro da massa de ar polar (que é a região mais fria) estará sobre a Região Sul, inibindo a formação de nuvens e favorecendo a subsidência do ar.

O Sul do Brasil será o mais influenciado pelo sistema, mas o frio também será destaque em muitas áreas do Sudeste e do Centro-Oeste. Novos recordes serão batidos e eventos de geada serão observados em amplas áreas do Sul, no entanto, os modelos meteorológicos não indicam, até o momento, a possibilidade de neve ou de chuva congelada na região.

GEADA – As temperaturas voltam a ficar muito baixas, com mínimas previstas abaixo dos 3°C nos pontos mais altos do Sul, como a região de São Joaquim, em Santa Catarina. Nas capitais, novos recordes de frio poderão ser registrados. A partir de quinta-feira (3), a tendência é que a massa de ar polar se afaste, e as temperaturas entram em gradativa elevação no fim da semana.

Fonte: Climatempo

Últimas notícias

Governo libera R$ 251,2 bilhões em crédito rural

Em cerimônia no Palácio do Planalto nesta terça-feira (22), o governo lançou oficialmente ...

Exportação de amendoim atinge US$ 70,8 milhões entre janeiro e abril

O setor brasileiro de amendoim registrou uma receita de US$ 70,8 milhões entre ...

Custos de produção de frangos aumentam quase 20% e de suíno mais de 10% entre janeiro e maio

Os custos de produção de frangos de corte já subiram 19,63% entre janeiro ...

Abelhas sem ferrão usam microrganismos para preservar o mel e muito mais

Vários estudos relatam que esses insetos dependem de fungos e bactérias também para ...

CNA e Fambras iniciam curso sobre oportunidades e desafios para o agro brasileiro nos países islâmicos

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Federação das ...