Mais de 30 alimentos orgânicos farão parte de merendas escolares em Nova Venécia

 Foto: Ass. Universo Orgânico

Ao todo, serão mais 7.200 alunos, desde a pré-escola ao ensino médio, que poderão desfrutar dos alimentos orgânicos da agricultura familiar do município

Neste mês, mais de 30 tipos de alimentos orgânicos farão parte da merenda escolar de mais de 50 escolas do município de Nova Venécia, por meio da chamada pública do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Os produtos são da Associação de Controle Social (OCS) Veneciana de Agroecologia, ou “Universo Orgânico”, que contempla 29 famílias de agricultores certificados. Eles produzem mais de 60 variedades de alimentos orgânicos e são assistidos pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) há mais de dez anos.

Anúncio

Em 2023, Nova Venécia teve um aumento de 40% no número de produtos orgânicos diversificados para a entrega nas escolas, com um aumento de 16 para 35 produtos diversificados. Com a introdução dos novos itens, o valor contratado para a Chamada Pública do PNAE, multiplicou de R$ 9.080,00 no ano passado, para R$ 2,6 milhões, este ano.

Anúncio

Ao todo, serão mais de mais de 7.200 alunos, desde a pré-escola ao ensino médio, que poderão desfrutar dos alimentos advindos da agricultura familiar do município. Entre os alimentos que agora também farão parte da merenda escolar estão: abacate, beterraba, cebolinha, cacau em pó, fruta-pão, maxixe, quiabo, salsa, taioba, pimentão e milho-verde.

De acordo com o extensionista do Incaper local, Moisés Marré, são acumulados muitos anos de esforços para que a inclusão dos alimentos produzidos pela agricultura familiar do município seja inserida nas escolas.

Segundo Marré, em 2022 foi feito um calendário sazonal do município, com a participação de 32 associações e duas cooperativas do Movimento de Pequenos Agricultores (MPA) de Nova Venécia, onde foi possível traçar um parâmetro dos principais produtos e suas localidades, entre outros quesitos, que orientaram a alimentação que será distribuída esse ano. “O calendário teve enfoque na agricultura familiar da região, tendo em vista que ela fortalece economicamente, social e ambientalmente o município”, explicou o extensionista.

De acordo com a nutricionista e coordenadora do setor de Alimentação Escolar da Prefeitura de Nova Venécia, Jovanka Rolim Cardoso, toda a entrega é feita sob a perspectiva da conscientização nutricional, ou seja, de um consumo saudável. “É mais que uma entrega. Nós reforçamos o conceito do ‘embalar menos e descascar mais’, ou seja, preparar os próprios alimentos, consumir mais frutas, verduras e legumes que são naturais e diminuir o consumo de alimentos industrializados”, disse.

“Conseguimos inserir novos alimentos na chamada pública e os nossos testes de aceitabilidade nas escolas foram positivos. Não podemos deixar de agradecer aos agricultores familiares que sempre compraram a nossa ideia e se dedicam a fornecer alimentos saudáveis para todos os alunos”, completou Jovanka Cardoso.

A vice-presidente da Universo orgânico, Marlene Andrade da Silva Costa, lembrou que em outros tempos as atividades da associação tinha foco apenas na produção de cafés orgânicos e desde 2010, com a introdução de novas famílias, surgiu a ideia de investir em outros alimentos e incorporar aos programas de alimentação escolar do Governo.

Segundo ela, ao longo dos anos, as entregas têm acontecido devido a um esforço conjunto. “O Incaper é o nosso elo com o poder público municipal, no momento em que nos auxilia no planejamento e organização de nosso trabalho desde o plantio até a entrega dos alimentos. A Secretaria da Agricultura também nos presta assistência técnica, a Secretaria da Educação também nos traz uma consciência sobre uma alimentação saudável e segura e a nossa agricultura é aonde tudo acontece. Trabalhamos em rede e de forma sintonizada para que esse alimento chegue as escolas com segurança”, pontuou. 

“Houve um tempo em que entregávamos aproximadamente dois quilos de alface para as escolas e hoje entregamos mais de dez quilos. Isso é gratificante! A minha filha tem apenas 7 anos e outro dia chegou em casa dizendo que comeu uma ‘melância do tio Paulo’, o nosso vizinho. Como é bom saber de onde o alimento veio e saber que isso tudo acontece com o esforço de vários colegas envolvidos. Nossa parceria é bonita de se ver”, destacou a agricultora familiar, assentada, Rosangela Juaraci, membro da Universo Orgânico.

Para o extensionista Moisés Marré, o sentimento é de dever cumprido como cidadão e como servidor público da extensão rural. “Quando entregamos alimentos saudáveis e sem qualquer química para crianças e jovens, também estamos promovendo educação, juventude no campo, diversificação, distribuição de renda, agregação de valor aos nossos produtos, agroindústrias, entre outros tantos”, frisou.

Ele lembra que a extensão rural tem um papel importante para a agricultura capixaba. “Com mais esse exemplo, demonstra que apesar de muitos fatores de mudanças nos últimos cinco anos, o Estado, por meio da Assistência Técnica e Extensão Rural pública, traz transformações significativas para os municípios e para as famílias rurais que outros serviços não alcançam. Trabalhar políticas públicas estruturantes como o PNAE só fortalece a agricultura familiar e agroecológica”.

Ainda segundo Marré, o Incaper não vê os programas de alimentação escolar apenas como um processo de repasse de alimentos. “Tratam-se de relevantes políticas públicas de desenvolvimento local. Fazem mostrar que o nosso município é capaz de produzir, entregar e fazer a diferença na vida de crianças, de jovens e de famílias rurais”, salientou.

A entrega de alimentos conta com as parcerias com a Prefeitura de Nova Venécia, por meio das Secretarias de Educação e de Agricultura do município, o Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), as associações e o Conselho Municipal de Alimentação Escolar (CMAE), Banco do Nordeste e Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Fonte: Incaper

Anúncio

Anúncio

Últimas notícias

Como plantar mais café em espaço reduzido?

O pesquisador do Incaper, Paulo Sérgio Volpi, destacou que o jardim clonal superadensado ...

Parceria estratégica do Sistema OCB busca fortalecer cadeia de lácteos

Foto: Reprodução / Sistema OCB Unidade nacional se reuniu com Conselho dos Exportadores ...

Exportações do agronegócio brasileiro atingem US$ 37,44 bilhões

Em comparação ao mesmo período de 2023, o aumento foi de quase 4,4% ...

Empresas apresentarão novidades na Fruit Attraction Brasil

Para impulsionar o legado da horticultura brasileira e o mercado de frutas e ...

Conab estima redução na safra brasileira de grãos

Foto: Freepik A sétima estimativa da safra de grãos 2023/2024, divulgada pela Companhia ...