Mato Grosso atinge mais de 83% das áreas semeadas com soja

De acordo com o mais recente boletim atualizado do Instituto Mato Grossense de Economia Agropecuária (IMEA), o Mato Grosso havia atingido 83,15% das áreas semeadas com soja até 29 de outubro.

O último boletim da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), do dia 23 de outubro, mostra que 41% das áreas de soja foram instaladas em Mato Grosso do Sul e 45% em Goiás.

SUL – De acordo com o Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral), até o dia 25 de outubro, 60% de soja havia sido instalada no Estado. O milho está na reta final com 93% e o trigo com 82% da área praticamente colhida.

Em Santa Catarina, 29,4% das áreas de soja estavam instaladas, até 23 de outubro, segundo mostra o último boletim da Conab. Ainda de acordo com o órgão, 86,6% das áreas de milho e 85% do arroz também já foram semeados no Estado. Com relação a colheita do trigo, o Estado atinge 20% das áreas.

De acordo com a Associação Riograndense de Empreendimentos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), no Rio Grande do Sul, já forma colhidos 28% do trigo. O plantio da soja segue lento, com 5%, e o milho alcança 75% da área semeada. Já a cultura do arroz conta com 40% das áreas de arroz instaladas, de acordo com o último boletim do dia 24 de outubro, divulgado pela Conab.

SUDESTE – Em São Paulo, a colheita do trigo também avança nos campos com 85% das áreas do cereal já finalizadas, de acordo com o último boletim do dia 23 de outubro da Conab.

Com relação à soja, o órgão informa que o plantio das áreas alcança 40% e das áreas e 55% de milho. Em Minas Gerais, 15% das áreas de soja foram semeadas e o milho, 10%.

NORDESTE – Maranhão e Piauí iniciaram o plantio da soja, com 3% das áreas instaladas até 23 de outubro. Ainda de acordo com a Conab, em Tocantins, 13% das áreas de soja estão em andamento. Na Bahia, foram plantadas 6% das áreas de soja e 0,5% das áreas de milho.

Tendência de chuva

O plantio no Brasil avança bem mais rapidamente que no ano passado. Só para ter uma ideia, no ano passado, neste mesmo período, o estado de Mato Grosso tinha aproximadamente 54% da área plantada. Hoje, são 85% de toda a área instalada.

Destaque para a chuva forte prevista sobre o Matopiba nesta semana. Muitas áreas com aumento da umidade do solo em pelo menos 20%. Até a quinta-feira da semana que vem (11), a chuva mais intensa alcançará Minas Gerais, Goiás, Espírito Santo e sul da Bahia.

No Sul, o enfraquecimento da precipitação ajudará no término da instalação e melhora dos tratos culturais. Até o fim do primeiro decêndio de novembro, a chuva forte migrará completamente para o Norte e Nordeste, além de Mato Grosso, Goiás e norte de Minas Gerais. O centro e sul do Brasil vão passar por um período mais seco e com maior amplitude térmica.

Como planejar uma safra e monitorar sua fazenda?

Otimizar o plantio, ficar de olho no clima para avançar com os trabalhos no campo e observar o desenvolvimento da cultura para evitar perdas são algumas das decisões que o produtor rural precisa tomar durante a safra.

O Agroclima PRO é um serviço de tecnologia da Climatempo, que utiliza o conhecimento meteorológico. Com ele é possível acessar o histórico de dados de clima para a fazenda e é possível detectar áreas com menor vigor vegetativo. Além disso, é possível ficar sabendo como será a demanda hídrica sua lavoura nos próximos 15 dias e ainda identificar os melhores dias e horários para realizar as pulverizações.

Fonte: Climatempo

Últimas notícias

Cavalgada convida população para 54ª Expoagro em Cuiabá (MT)

Foto: Marcelo Camargo – Agronews Uma cavalga reuniu dezenas de cavaleiros e amazonas, na ...

Brasil cria 277 mil novas vagas em maio, batendo recorde 

A economia brasileira gerou, em maio de 2022, 277.018 novas vagas de empregos ...

ABRALEITE promove o 1º Fórum Nacional do Leite

A Associação Brasileira dos Produtores de Leite (ABRALEITE) realizará o 1º Fórum Nacional ...

São Paulo Coffee Festival já tem data confirmada para 2023

Foto: Sergio Parreiras Pereira Entre os dias 24 e 26 de junho de ...

Pecuária leiteira de precisão é tema principal do Anuário Leite 2022

Publicação acaba de ser lançada e está disponível para download no site da ...